67º EDIÇÃO ANUAL DOS JOGOS VORAZES
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sudoeste - A Astey

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Sudoeste - A Astey   Ter Jun 03, 2014 8:28 pm

Relembrando a primeira mensagem :



A ASTÉY
 

Ao atravessar a passagem sudoeste, o Tributo começa a ver enormes colunas se erguendo em sua frente. Era possível distinguir vários templos em ruínas e algumas estruturas semelhantes à arena da cornucópia, mas em menor escala. Toda a área estava repleta de edificações em ruínas - umas em melhor estado, outras em pior - e estas edificações formavam ruas estreitas, mas que com as paredes abertas das edificações parecia transformar toda a área num enorme labirinto. 
Um enorme muro delimitava a área, pelo que a única maneira de escapar do local seria pelo mesmo sítio por onde entraram.





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com

AutorMensagem
Dylan Matheson

avatar

Mensagens : 35

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Sab Set 06, 2014 6:37 pm


Dylan Matheson

A comida estava a saber muito bem, como nunca soube, por isso continuei ate ficar sem fome e ter as forças recuperadas. Estava com uma boa companhia, mas infelizmente numa arena onde todos poderemos morrer, mas fora isso parecia que estávamos a fazer um piquenique. Consegui matar um minotauro com grande sacrifício e fiquei mal, mas agora estou a sentir-me muito melhor.

Espero que rapidamente melhore a 100%, e por agora estamos fora de perigo. Pelo menos e o que pensava enquanto olhava para margo a comer.

-Margo, desculpa interromper-te, mas, estas tão bela, até a comer. – Disse eu, acarinhando-lhe a cara. – Se eu pode-se…

Estava a falar com ela quando se ouviu rugidos de novo e me alarmou. Merda, outro bestante?

-Será outro bestante? Ou será o minotauro? – Perguntei eu a margo assustado. – Enfrentar outro bestante não é nada bom apesar de ter recuperado as flechas com veneno. – Que vamos fazer? Como vamos sair daqui margo?

Temos de continuar nosso caminho até a saída mesmo que tenhamos de enfrentar novos bestantes, não tem solução, mas o rugido vinha de onde? Será que vamos ficar bem? Estamos tramados.

-Margo temos de seguir o caminho e se aparecer alguma coisa, temos de enfrentar e ultrapassar ou fugir. Não podemos é ficar parados.

A única solução que via era continuar o caminho em frente a procura da saída do labirinto e depois logo se via. De qualquer maneira eu já estava melhor e podia utilizar o arco e minhas flechas que ainda tem veneno. Peguei no arco e com uma flecha já pronta a atirar vamos continuando a procura da saída sempre atentos a ameaças. Se aparecer algum bestante vou mata-lo com as flechas.

-Mas que bestante é para ter dado um rugido???  - Perguntei eu a margo. - Vamos seguir em frente sem qualquer medo margo, prepara tua arma e fica atenta. - Pedi a margo.


Resumo:

• Comer enquanto Falo com Margo e encontrar soluções;
• Decidir o que fazer em conjunto e esperar respostas da margo;
• Ter atenção a qualquer ameaça que possa existir;
• E tomar atenção aos rugidos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rya Lokidottir

avatar

Mensagens : 32
Idade : 21
Localização : Distrito 8

Estado
Fome:
50/100  (50/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Sab Set 06, 2014 7:59 pm


Rya Lokidottir

La entro eu novamente dentro de uma tenda que também se fecha atras de mim. E não estando a espera um clarão enorme apareceu. Merda, quase me cegou… Aquele clarão foi forte de mais, mas estava outra vez a recuperar a minha visão quando me apercebo de dois desenhos.

Na parede a minha frente estavam dois peixes desenhados. Um castanho e outro azul que brilhavam intensamente o que era muito estranho. Por momentos achei aqueles peixes lindos, e apesar de estranho deu vontade de pegar neles. Ate que reparo numa palavra escrita debaixo deles.

“Escolha”

- Escolher? Porque tenho de escolher? – Perguntei eu para mim em voz alta.

Muito esquisito era aquilo, o que será que acontece se eu escolher qualquer um, será que se escolhe-se bem me davam comida? Realmente muita coisa podia acontecer se eu escolhesse, como morrer, ficar doente como também pode acontecer algo bom. Mas o que ia eu escolher? Também podia tentar sair dali, mas será que conseguia? Com certeza que não, nem vou tentar. Não quero morrer, mas que aconteça o que tem de acontecer.

Tenho de ser forte e escolher. Eu se fosse a pensar o que seria que os peixes queriam dizer ia pensar que o azul é que mau, mas o castanho também parece mau. Por isso vou escolher pela minha cor preferida, que é o azul.

Depois da minha decisão digo em voz alta e aponto para o peixe desenhado.

-Azul. – Disse eu sem saber o que pode acontecer e com algum medo mas corajosa.

Resumo:
• Pensar na minha escolha e preparar-me para tudo.
• Escolher o peixe azul.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Margo Roth

avatar

Mensagens : 30
Idade : 22
Localização : Distrito 12

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Dom Set 07, 2014 3:23 am

MARGO ROTH


    Estava tudo bem. Nem acreditava que por pelo menos alguns segundos tudo estava bem. Comer aquela maçã foi como se tivesse comido a primeira coisa do mundo após 17 anos de pura fome. Dylan canta-me de forma fofa e meiga. Nunca havia tido um garoto que não fosse interessado em meus peitos e sim em mim. É maravilhoso.

    É então que ouvimos alguns passos. Dylan pergunta o que seria. Eu faço y\um gesto dizendo que não faço a menor idéia. Trocamos um olhar misterioso, e então Dyl propõe que saiamos de lá e sigamos em frente enfrentando o que aparecer. Concordo com ele e assim fazemos. Seguimos em frente de mãos dadas, esperando qualquer coisa que pudesse aparecer.

    RESUMO:
    -Comer minha maçã
    -Conversar com Dylan
    -Seguir em frente, na direção contrária do som dos passos

    DON'T GET TO CLOSE IS DARK INSIDE...HERE IS WHERE MY DEMONS HIDE!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Ter Set 09, 2014 12:14 am

-


Última edição por Lennox Wave em Dom Nov 09, 2014 11:24 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Qua Set 10, 2014 1:47 am


Pearl Martini
Caminhamos até chegar em um lugar cheio de construções. Parecia que aqui fora uma cidade antiga, é tudo bem diferente do que estamos acostumados. Me pego um pouco longe, mas logo retorno para onde estou... para os Jogos Vorazes. Eu não posso me distrair!

— Antes que continuemos, eu queria dar uma sugestão. Bom... er... - olho para o chão, envergonhada. Poxa! Porque eu fico assim toda vez que Gold me olha? Ou será que estou assim pela cara de reprovação de Emma? - Pensei em formarmos duplas na hora de explorar, pra um cobrir o outro. Ficaria mais fácil e mais seguro, o que acham?
Resumo:
— Propor plano à aliança.
— Ficar atenta às ameaças.
I'm just a holy fool
Oh, baby, he's so cruel!
But I'm still in love with Judas, baby...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Margo Roth

avatar

Mensagens : 30
Idade : 22
Localização : Distrito 12

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Qua Set 10, 2014 5:49 pm

MARGO ROTH


    Não sei mais o que fazer. Ou serei esmagado por esas paredes que estão cada vez mais estreitas ou terei que enfrentar o que provavelmente é um bestante. Vai tomar no cu! Só podem estar brincando com a minha cara mesmo. Só espero sair viva, e acima de tudo, que Dylan saia vivo também.

    Falo para Dylan para pararmos de ir em direção ás paredes estreitas. Não estamos conseguindo chegar em lugar nenhum. Acho melhor voltarmos e provavelmente enfrentar aquele bestante. Não podemos fazer nada. Apenas espero Dylan dizer o que pensa da minha proposta, mas mesmo assim, já pego minha adaga e fico em posição de ataque.

    RESUMO
    -Parar de ir na direção em que as paredes se fecham
    -Dizer a Dylan que temos que enfrentar o bestante
    -Me preparar mesmo antes de Dylan dizer o que pensa da proposta

    DON'T GET TO CLOSE IS DARK INSIDE...HERE IS WHERE MY DEMONS HIDE!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gold Baertoni

avatar

Mensagens : 75
Idade : 23
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Qui Set 11, 2014 3:42 am

Gold Baertoni


    - Wow! Interessante esse lugar. - Sorrio girando meus gládios uma em cada mão. Meu braço estava excelente novamente e finalmente eu poderia jogar de fato esses jogos. - Pearl, excelente ideia.

    Digo, e então olho para nós quatro. o grupo queria que eu decidisse quais seriam as duplas e pensei em todas possibilidades possíveis, juro que pensei.
    Emma e Menon, Eu e Pearl. Seria interessante, pois eu e Pearl somos do mesmo distrito e eu realmente não queria deixá-la sozinha. Mas Menon e Emma não pareciam ser íntimos.
    Peal e Emma, Eu e Menon. JAMAIS! As garotas acabariam brigando e se matando, penso sorrindo. Não consigo imaginar a Emma sendo legal com a Pearl. Além do que, qual a graça de ficar com Menon, o queridinho da Pearl? Runf.

    - EU e Emma exploraremos um lado. Ela é boa a longa distância e consigo segurar o ritmo desse palmitinho. - Sorrio. - Pearl, você é boa a média distância e o Menon a curta - digo e puxo menon pelo colarinho. - Cuida dela, se não eu... - Sou interrompido por Pearl que apenas me olha vermelha. - Bom. É isso. Vamos explorar, temos um tanto de comida cada um e armas. Nos encontramos aqui novamente ao entardecer, combinado? - Digo a eles e tomo meu caminho.

    RESUMO:
    - Dividir a aliança em duplas;
    - Seguir com Emma para um caminho;
    - FIcar atento a qualquer som e pessoa que aparecer na minha frente;




A choice. A promise. An act.  
Can change your future. Forever

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alden Yeda

avatar

Mensagens : 17
Localização : Distrito 11

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Sex Set 12, 2014 11:17 pm


Alden Yeda

As coisas não estavam nem próximas do que eu esperava que estivessem. Mas nada que não pudesse ser mudado.

Eles precisariam dar um jeito no meu rosto quando eu saísse daqui, por que de forma alguma eu ficaria marcada.

O machucado fazia meu corpo fraquejar, e a fome havia esvaido todas as minhas forças. Eu precisava me abrigar e o templo parecia estar aberto. Era minha melhor opção. Se eu tivesse comida poderia chegar um pouco mais longe.

- Não posso fazer muito do jeito que estou - digo em voz alta, num tom fraco que me irrita. - Ainda não ddesisti, e se me mandarem algo para comer ficarei melhor e poderei fazer melhor.


Resumo:

- Pedir comida aos patrocinadores;
- Entrar no templo;
- Procurar um lugar seguro para descansar.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dylan Matheson

avatar

Mensagens : 35

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Sab Set 13, 2014 3:06 pm


Dylan Matheson

Começava a ficar confuso, sem saber onde era a saída, e com as paredes a ficarem mais próximas começava a arrepiar. Não largava por nada deste mundo o arco e com grande força o segurava. Nunca se sabe se o bestante que anda por ai possa aparecer a qualquer momento…

Eu não quero morrer nem ver morrer margo, mas isto tudo estava a por demasiado nervoso, enquanto andava e seguia margo o caminho ficava mais apertado, e a grande pergunta que se ponha era. Este caminho vai dar a algum lugar? Estaremos nos a ir ter com a morte?

Não quero enfrentar outro bestante mas se tiver de ser para sobreviver que venha agora, pois eu quero e sair deste lugar imediatamente. Entretanto Margo diz para pararmos e irmos em direcção oposta as paredes que cada vez mais ficavam mais estreitas, e eu concordo com a cabeça para ela entender.

Qualquer ruido ou falta de atenção podia-nos matar, temos de estar seguros e ter maxima atenção e procurar o melhor caminho para sair. Talvez encontrar um mapa do labirinto.

Resumo:
• Parar de ir na direção em que as paredes se fecham;
• Ter cuidado e estar a tento a qualquer ameaça;
• Estar preparado para matar qualquer coisa que me aparecer a frente com minhas flechas envenenadas;
• Encontrar uma forma de sair do labirinto.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menon

avatar

Mensagens : 23
Idade : 22

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
60/100  (60/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Sab Set 13, 2014 9:08 pm


Menon

Chegamos ao que parecia uma antiga cidade que dava em um descampado.

Pearl dá a ideia de nos dividirmos em duplas. Gold como de costume toma a dianteira, sendo que a ideia sequer havia sido dele. Tento ignorar seu tom "líder nato" e tentar não dizer que não deixaria Pearl na companhia de mais ninguém.

Ele me puxa pelo colarinho, me desvencilho com um empurrão irritado.

― Como se fosse você que está disposto a sacrificar qualquer coisa aqui... - resmungo, enquanto me volto para Pearl. - Vamos?

Resumo:
- Seguir com Pearl para explorar o lugar.
- Me manter atento.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Dom Nov 09, 2014 11:24 pm



A ASTÉY
 

15:00h


Dylan e Margo voltam para trás por causa das paredes estarem se afunilando, mas ao darem meia volta, reparam que as paredes também se estavam a tornar cada vez mais juntas do lado oposto. Seriam alguma ilusão? Que caminho tomariam os tributos?

Yeda entra no templo e pede comida aos patrocinadores. Em uma questão de poucos minutos em que ela aproveita para recuperar o fôlego, a garota ouve um páraquedas que caí mesmo na entrada do templo. Ela abre-o e dentro deste encontra uma sopa e uma sandes com carne. Ela devora a sua refeição e aproveita para descansar um bocado. Agora ela poderia voltar para trás ou entrar na próxima porta do templo.


Pearl, Gold, Menon e Emma se dividem em duplas. Pearl e Menon seguem por um caminho que acabou por dar a uns  muros tão baixos que os Tributos poderiam passar por cima ou teriam que se agachar para passar pelas entradas. Do outro lado dos muros caminho parecia se dividir em três.

Emma e Gold seguem pelo caminho oposto, e chegam a um templo dividido em três - cada divisão maior que a outra, a mais pequena à frente e a maior sendo a mais longe. Teria que se passar pelas mais pequenas antes de chegar às maiores. Os tributos poderiam se aventurar dentro dos templos ou voltar ao ponto de partida.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Seg Nov 10, 2014 7:33 pm


Pearl Martini
Separamo-nos de Gold e Emma. Eles com certeza vão matar qualquer um que encontrarem, só não sei se eu e Menon vamos conseguir fazer isso...

Andamos até um lugar com várias construções pequenas. Acho que não deveríamos ter tanta pressa em avançar. Temos que guardar todas as energias que pudermos. Não vi Menon comendo nada até agora.

— Vamos descansar um pouco? - sugiro a Menon, sentando em uma das construções - Peguei muita coisa na cornucópia, podemos comer alguma coisa antes de seguirmos.

Olho minhas provisões. Tenho facas suficientes para me defender, um escudo belíssimo e um manto branco que estou vestindo. Na mochila que peguei com Emma, tenho duas estopas com ameixas amarradas nela. Dentro da mochila, tenho uma caixa de fósforos, dois cachos de banana, três barras de cereal, um kit de primeiros socorros, o remédio que recebemos dos patrocinadores, um par de luvas (que acabo vestindo) e um saco com cinco maçãs. Não vai ser muito legal eu carregando esse monte de coisa, então vamos ter que ou comer a maioria ou dividir o peso. Acho que Menon vai ter que prender algumas destas estopas no cinto dele.

— Menon, poderia prender as duas estopas com ameixas no seu cinto, por gentileza? Não vou conseguir carregar tudo sozinha, alguma hora vou acabar me cansando. - peço com delicadeza - Vamos tentar acabar com esse saco de maçãs?

Acho que teremos um tempinho tranquilo para poder comer. Só espero que ninguém apareça e acabe com a paz.
Resumo:
— Ver os itens que tem.
— Dar as duas estopas com ameixas para Menon.
— Dividir e comer as maçãs do saco com o aliado.
— Ficar atenta à ameaças.
I'm just a holy fool
Oh, baby, he's so cruel!
But I'm still in love with Judas, baby...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gold Baertoni

avatar

Mensagens : 75
Idade : 23
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Ter Nov 11, 2014 2:22 pm


Gold Baertoni


Só espero que a Pearl saiba se cuidar, e que aquele Menon proteja ela como puder.
Sigo com a palmitinho e agora estamos diante de um templo dividido em várias partes.

- Ei, Emma, vamos organizar os itens que pegamos e então seguir em frente, está bem?

Pego a bolsa de Emma e abro para ver o que havia dentro dela, depois pegaria minha bolsa vazia e olharia todos os itens que pegamos. Pretendo matar minha fome com qualquer comida que arrumar e então dividir as coisas igualmente na bolsa. (pode atualizar os pertences para eu saber o que eu tinha mesmo? kkk faz tempo que peguei várias coisas na cornucópia)

RESUMO:
- Abrir a bolsa de Emma;
- Comer algo com Emma;
- Dividir os itens em duas bolsas;
- Seguir em frente.






A choice. A promise. An act.  
Can change your future. Forever

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emma Iverwellar

avatar

Mensagens : 48
Idade : 21
Localização : Distrito 2

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
40/100  (40/100)
Saúde:
80/100  (80/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Ter Nov 11, 2014 7:54 pm

Acabamos nos separando da loirinha e do garoto do 3. Maneira que minha cabeça tem um pouco de paz. Eu e o galaró encontramos um templo e ele sugere organizar os itens. Lhe entrego a bolsa para ele se servir e dividirmos os suplementos.

Fico calada o tempo todo. Isto não está correndo nada como eu imaginava. Enquanto Gold revista a mochila eu olho minhas mãos ainda manchadas do sangue de Creed. Quero-me lavar.. Me sinto suja. Sinto a pontada de dor no meu braço machucado... Sou mesmo inútil...

Resumo:
-dividir suplementos com gold
-deprimir e pensar na vida
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Seg Nov 17, 2014 10:09 pm



A ASTÉY
 

16:00h


QUATRO CANHÕES DISPARAM!


Dylan e Margo não sabem o que fazer em questão às paredes, que se afunilavam em ambas direções e se tornavam cada vez mais estreitas. O casal não tem muito a fazer em relação à situação, e ao permanecerem no mesmo sítio, começam a sentir as paredes apertando. O canhão dispara, duas vezes.

Yeda acaba por adormecer, dentro do templo desprotegido. Ela acorda com o calor de uma respiração bem em sua cara. Ao abrir os olhos, apenas vê uma criatura horrível, que ruge para ela e faz a garota gritar. Ela apenas sente uma picada imediata em seu abdómen. O canhão dispara.




Pearl começa a organizar os seus pertences e divide o peso com Menon. Eles aproveitam para comer um pouco, até que um movimento assusta a garota que só tem tempo de levantar o seu escudo, e ouvir o estrondo que se segue. A dupla se levanta rapidamente, a tempo de ver um enorme mutante de três cabeças se dividir em três bestantes.





O do centro, cuja cabeça tinha batido no escudo, parecia meio desorientado, mas cada um dos dois começaram a perseguir a dupla. Estes não hesitam a atravessar as construções o mais depressa possível, até se depararem com três caminhos. A dupla poderia escolher se dividir e ir cada um por um caminho ou lutarem contra os bestantes.

Gold procura a mochila de Emma, mas esta havia ficado com Pearl. Ele e Emma acabam por comer um pouco da comida que Gold havia trazido da Cornucópia, e descansar um pouco antes de começar explorando os templos.
(Alison, ainda não tive tempo de organizar os pertences, mas citando um dos seus posts da Cornucópia: "olocaria uma corda, lanterna com pilhas, um óculos com visão noturna, uma rede de pesca, uma corda (mais longa possível), um manto negro, todos os cantis e os devidos iodos e três rolos de fio de nylon dentro da bolsa. Depois disso esperaria todos colocar o que eles mesmos querem dentro de suas mochilas e seguir em direção à OESTE, junto com todos. Pego por fim meus dois gládios e prendo um machado em minha cintura. ")


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Qua Nov 19, 2014 1:22 am


Pearl Martini
Comemos tranquilamente e depois Menon aceita dividir o peso comigo. Por algum tempo, consigo sentir um momento de paz, mas então me lembro que estou nos Jogos Vorazes. Minha vontade é de chorar e pedir pelo amor de todos os deuses para que me tirem daqui, mas eu sei que não seria possível, então eu só engulo o choro e tento continuar com o sorriso no rosto. Um frio ardido percorre toda a minha espinha. Só tive tempo de levantar meu escudo e sentir um baque. Era um monstro enorme que batera em mim.

— Menon. - chamo-o, esperando que ele entenda o quanto eu estou assustada com aquilo.

A criatura se divide em três. Aproveitamos a oportunidade de que o que bateu em mim ficara atordoado e fugimos. Nos vemos então diante de três entradas. Olho rapidamente para Menon e já sei o que ele está pensando. Em não vou abandoná-lo.

— Não vou te deixar para trás. - respondo-o, mesmo ele não fazendo a súplica oralmente.

Viro-me rapidamente e arremesso a faca na criatura que está vindo em minha direção. Não exitarei em arremessar quantas facas for preciso para matar a criatura que está atrás de mim e de Menon. Essas criaturas não têm coração, suas vidas não têm um propósito bom. Elas não merecem ficar de pé.
Resumo:
— Lutar contra as criaturas.
— Arremessar as facas até que as criaturas morram.
— Se proteger com o escudo, caso alguma consiga alcançá-la.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gold Baertoni

avatar

Mensagens : 75
Idade : 23
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Qua Nov 19, 2014 3:53 am


Gold Baertoni

Enquanto como e ajeito a mochila com os pertences, ouço quatro disparos de canhões. Olho para Emma e dou uma risada torta.

- É, parece que estamos perdendo toda a diversão... - Digo terminando de mastigar. - Acho que deveriamos voltar para a cornucópia, já deu pra ver que aqui não vamos encontrar nada. O que acha, Palmitinho?

Vejo que o tempo está tranquilo e não há nada por perto. Sento-me ao lado de Emma e analiso seu ferimento.

- É aqui que dói? - pergunto a ela. Olhando Emma de perto não conseguia ver o quanto ela realmente era bonita. Rosto branco e macio, se fazendo de durona, me lembra tanto ela... Merda. Tenho que esquecer. Os mortos precisam descansar...

- Venha Emma, vamos voltar para a Cornucópia. - Fecho com força meu punho no gládio e levanto. - Consegue caminhar tranquilamente, certo? - pergunto.

RESUMO:
- Conversar com Emma;
- Comer;
- Voltar à Cornucópia sem pressa.

(PS: Está tudo bem, Jô, obrigado pelas infos. Eu tava precisando relembrar mesmo hehehe)




A choice. A promise. An act.  
Can change your future. Forever

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emma Iverwellar

avatar

Mensagens : 48
Idade : 21
Localização : Distrito 2

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
40/100  (40/100)
Saúde:
80/100  (80/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Dom Nov 23, 2014 7:29 pm

- Parece uma boa ideia, galinha. - lhe respondo. - Ao menos lá podemos ver se encontramos mais comida ou algo útil que nos possa ter escapado.

- Cuidado com meu braço! - Ordeno.- Sim, ainda dói pra caramba. - só não o empurro porque sei que ele estava tentando ser gentil. Eu posso andar bem. Meu problema é o braço mesmo. Ainda está machucado mas pode ser que consiga usar a besta se for preciso a mesma.

Resumo:
- ir com Gold
- armar uma flecha na besta para o caso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Dom Nov 23, 2014 11:28 pm



A ASTÉY
 

18:00h


UM CANHÃO DISPARA!



Pearl decide lutar e com facilidade acerca com uma de suas facas num dos bestantes. Quando vai atrás do segundo, ela ouve um grito e vê que o que outrora ficara atordoado, estava agora mordendo o ombro de Menon, que se manteu imóvel assim que captou a atenção de Pearl. A garota conseguiu acertar mesmo na testa do bestante, fazendo-o cair. O terceiro havia desaparecido.

Ela se aproxima de seu aliado, agora de joelhos por causa da dor em seu ombro. A ferida estava sangrando bastante.




Gold e Emma voltam à Cornucópia sem problemas. Quando lá chegam, eles reparam em um lobo procurando algo no meio da destruição que havia sido causada, mas assim que este avista os carreiristas, sai correndo na direção das escadarias. (Postem agora na Cornucópia)


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Seg Nov 24, 2014 7:12 pm


Pearl Martini
O cão vem em minha direção. Seguro delicadamente a lâmina da faca e arremesso na criatura, soltando um grito estrangulado quando jogo a arma. A criatura cai morta. Viro-me para acertar o segundo, é então que escuto o grito de Menon ao ser mordido pelo outro bestante. Mas por que ele não reagiu?! Dou alguns passos e jogo a faca na cabeça da outra criatura. Acerto em cheio em sua cabeça, matando-a.

— Cadê o outro?! Tem mais??? - pergunto, enquanto olho em desespero para todos os cantos. Menon só balança a cabeça me dizendo que não.

É então que percebo seu ombro sangrando muito. Olho ao redor. Dois bestantes mortos. Eu fui a responsável pela morte dos dois. E não foram só esses dois, foram mais aqueles na cornucópia. Parece que eu não sou mais aquela garota indefesa que jurou que morreria nos primeiros minutos aqui. Não sou tão fraca quando pensei que era. Será que eu tenho chance de sair viva deste lugar? Nunca achei que teria a menor chance, mas agora parece que um sopro de vida me encheu de esperanças. Talvez eu ainda consiga voltar para casa viva.

— Pearl? - Menon me tira então do meu estupor.

— Oh! Me perdoa! - corro até ele, tiro a mochila das costas, pego o creme e passo em sua ferida. - Isso aqui vai ficar feio, mas nós vamos dar um jeito!

Preciso de alguma coisa para ajudar a estancar o sangue. Tiro uma das facas e corto a parte de cima do traje de Menon. Vou usar todo o pano para fazer um curativo no meu aliado. Depois que termino, peço para que ele aperte o local, para estancar o sangramento.

— Não deveríamos ter saído de perto deles. No fundo eu sabia que não conseguiríamos nos virar sozi- Ai! Eu te deixei seminu! - digo, me afastando do garoto e desviando meu olhar dele.

Guardo as coisas na mochila, sem olhar um segundo sequer para Menon. Eu acabei deixando ele sem camisa e isso não era muito confortável para mim. Vou recuperar as minhas facas e guardá-las no colete.

— Acho que deveríamos sair daqui, este lugar não é muito seguro.

Resumo:
— Tratar a ferida de Menon (se o creme acabar, pedir aos patrocinadores).
— Recuperar as facas.
— Seguir para onde estavam antes.
— Ficar atenta a ameaças.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menon

avatar

Mensagens : 23
Idade : 22

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
60/100  (60/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Seg Nov 24, 2014 7:47 pm


Menon

Corremos das criaturas até nos depararmos com três caminhos. Pearl vive, era isso que eu tinha prometido a mim mesmo, mas antes mesmo que eu pudesse reagir de qualquer forma, ela interrompe o meu raciocínio dizendo que não me deixaria sozinho. Meu coração acelera e fico completamente sem reação.

Viro-me para encontrar os nossos perseguidores nos encarando de forma ameaçadora. Eles não podem machucar Pearl. Seguro com firmeza minha arma para o caso de precisar atacar rapidamente os dois bestantes. Mas percebo que esse também não eram os planos de Pearl. Ela arremessa uma de suas facas no cão e o mata. Quando me viro para ir para cima do outro, ele já estava em cima de mim, com seus dentes cravados em meu ombro. Não deixo de gritar com a dor. Seria assim que eu termino aqui? Não! Morrer agora não é opção. É então que escuto a lâmina cortar o baque da faca acertando o crânio do bestante. Ele cai morto.

Olho atônito para Pearl. Ela conseguiu se defender sozinha. Ela me olha assustada e depois olha o estrago ao redor. Seu olhar parecia distante. Já vi muita gente ficar louca, e o que vejo estampado no rosto de Pearl é quase o mesmo sintoma.

— Pearl? - tento chamar sua atenção, fazendo-a escapar do transe.

— Oh! Me perdoa! - ela corre em minha direção e começa a cuidar dos ferimentos - Isso aqui vai ficar feio, mas nós vamos dar um jeito!

Ela é hábil com suas mãos. Será que antes de vir para cá ela trabalhava como curandeira ou algo assim? Duvido que lá há curandeiros ao invés de médicos. O Distrito 1 é o mais rico, lá eles têm profissionais qualificados e não pessoas que aprenderam com os ensinamentos do avô ou de um vizinho. Além do mais, Pearl é filha de prefeito, aposto que não tem de se preocupar em arrumar uma profissão para se sustentar. Pearl está fazendo um ótimo trabalho no ferimento, tirando parte do pano do meu traje para o serviço. Não me oponho, porque sei que ela sabe o que está fazendo. Ela então me pede para eu apertar o sangramento, para que ele estanque. Dói muito, mas eu sou tão resistente como diamante, não é qualquer coisinha que me derruba.

— Obrigado. - agradeço-a.

— Não deveríamos ter saído de perto deles. No fundo eu sabia que não conseguiríamos nos virar sozi- Ai! Eu te deixei seminu! - ela se espanta quando me percebe sem nada cobrindo a parte de cima.

Sorrio com a reação. Obrigado, Pearl, por me fazer conseguir sorrir em uma hora dessas. Mas ainda há uma coisa que me incomoda, mas não é exatamente o ferimento, é como eu não consegui ajudá-la quando ela mais precisou de mim.
Resumo:
- Seguir Pearl aonde quer que ela vá.
- Se manter atento a ameaças.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Seg Dez 01, 2014 8:58 pm



A ASTÉY
 

19:30h


O céu começa escurecendo...



Pearl não perde um segundo e utiliza o resto do seu creme para fazer um curativo em Menon. O garoto sente um alívio imediato, mas teria que relaxar o braço ferido por enquanto. Depois de fazer seu curativo, a dupla volta para trás, voltando ao ponto de partida perto do caminho que daria de volta para a Cornucópia.

Indicações:
O creme acabou.
Menon não consegue mexer bem o braço.
O sol está se pondo.
A dupla pode voltar para a Cornucópia, voltar para os caminhos de onde saiu ou seguir em direção aos pequenos templos.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Ter Dez 02, 2014 5:44 am


Pearl Martini
Caminhamos até chegarmos no local que dá acesso à Cornucópia. Lá, possivelmente encontraremos aqueles cães bestantes. Não que agora eu não tenho a confiança necessária para lutar contra eles... Não deixo de rir com o pensamento. Parece que nós encontramos a nossa real força quando mais precisamos.

O creme para a ferida acabou, mas Menon não parece precisar mais. Aquele pouco foi o suficiente para ajudá-lo com a dor. Ele é forte, vai conseguir aguentar, mas vai precisar repousar um pouco. Chamo-o para se sentar ao meu lado no chão.

— Eu fico de guarda primeiro, depois nós trocamos. Combinado? - proponho, sorrindo. — Você precisa descansar. Essa ferida te incomodaria bastante se ficarmos andando.

Abro minha mochila e pego quatro frascos com líquidos de diferentes cores. Um com líquido azul, um com líquido cinza, um com líquido amarelo e o último com líquido vermelho. O laranja eu sei que é corrosivo, o roxo não fez o efeito esperado nos bestantes da cornucópia. Qual será desses é veneno? Pego uma maçã na mão e a olho fixamente. Veneno... Maçã... Isso me lembra uma história. Sorrio com o canto da boca. Que saudades de perder horas e horas lendo. Agora tudo o que eu penso em fazer é tentar não ser morta. Eu quero tanto voltar para casa...

Volto ao trabalho. Pego uma das minhas facas e parto a maçã em quatro pedaços. Pego os frascos e pingo uma gota de cada líquido em cada fatia da maçã. Vamos ver como elas se comportarão. Talvez eu descubra algo interessante.
Resumo:
— Descansar e montar guarda.
— Testar os líquidos de cor azul, cinza, amarelo e vermelho na maçã e tentar descobrir algo.
— Passar o líquido que mais parece com veneno nas facas.
I'm just a holy fool
Oh, baby, he's so cruel!
But I'm still in love with Judas, baby...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Sab Dez 13, 2014 1:44 am



A ASTÉY
 

21h


UM CANHÃO DISPARA!



Pearl deixa Menon descansar o primeiro turno e este assim o faz. A garota monta guarda e decide aproveitar o tempo morto testando os líquidos que havia obtido na cornucópia. Ela divide uma maçã em quatro e deixa cair uma gota de cada frasco em cada fatia, mas absolutamente nada acontece... talvez os químicos não reagissem com a matéria orgânica da maçã. A garota teria que procurar alguma cobaia...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   Seg Dez 15, 2014 4:21 am


Pearl Martini
Pingo delicadamente os líquidos nos pedacinhos, mas nada acontece. Não deixo de ficar chateada. Saber o que esses líquidos fazem seria de uma ótima ajuda. Um veneno poderoso, talvez... De repente, escuto um canhão. Meu coração vai na boca. Não faz muito tempo que um outro canhão foi disparado. Será que...? Não, Gold e Emma são os mais fortes desta edição, não cairiam por qualquer coisa. Se eu consegui matar aqueles bestantes, eles conseguem derrubar qualquer tributo ou qualquer outra ameaça.

— Será que eu precisarei usá-los na sorte...? - penso, um pouquinho alto demais.

Já consigo escutar como os comentaristas dos jogos estão debatendo sobre a minha indecisão. Se eu estivesse lá fora, com toda certeza saberia o que cada um destes líquidos fazem. Será que tinha algo sobre isso lá no treinamento? Me preocupei tanto em melhorar o meu físico que esqueci da sobrevivência. Mas não importa, não posso chorar por não saber o que cada um faz. Eu estou muito bem no arremesso das facas, elas me ajudarão. E se eu...

— Gloss, poderia me ajudar com isso, por gentileza? - peço aos céus, mostrando os frascos que estão em minha mão.

Resumo:
— Pedir ajuda a Gloss;
— Passar o líquido mais propício em algumas facas;
— Continuar montando guarda.
I'm just a holy fool
Oh, baby, he's so cruel!
But I'm still in love with Judas, baby...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sudoeste - A Astey   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sudoeste - A Astey
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
67º Edição Anual dos Jogos Vorazes :: Os Jogos :: Sudoeste-
Ir para: