67º EDIÇÃO ANUAL DOS JOGOS VORAZES
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Pearl e Scarlett

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Pearl e Scarlett   Ter Jan 06, 2015 7:49 pm



PEARL E SCARLETT


Reta final, Állan. Aqui você deve postar com a Pearl e a Scarlett pode ser os dois na mesma conta, se preferir) tendo em conta que apenas eu terei acesso à sua mensagem.

Bons Jogos Vorazes!




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qui Jan 08, 2015 3:25 am


Scarlett Lootmak
Avanço rapidamente à Cornucópia, com os olhos cheios de ódio por causa da loirinha. No caminho, percebo que o carreirista loiro está subindo as escadas. Ótimo, menos um para eu me preocupar, os bestantes tomarão conta dele!, penso. Mas quando chego próxima à Cornucópia, não vejo a loirinha em lugar algum. Ela provavelmente deve estar dentro do chifre. Por minha sorte, ela não percebeu que eu cheguei até aqui.

Seguro com firmeza a flecha e fico na borda da entrada do chifre, mas do lado de fora. Não vou encarar a garota, ela tirou nota máxima no treinamento, deve ser mortal com aquele arco estranho. Agacho e dou umas batidinhas no chifre, para chamar sua atenção. Ela vai vir ver o que é, armada com a besta. Quando ela se fizer visível, vou dar um chute em seu estômago (ainda agachada) e aproveitar para enfiar a flecha em seu pescoço. Normalmente esses carreiristas são bons com suas armas, mas, em sua maioria, são todos estúpidos. Por que diabos essa garota não atirou na minha cabeça e me matou quando teve a oportunidade? Um simples erro não foi. Se ela não é tão esperta assim, com certeza só vai olhar para frente e não para baixo. Quando ela perceber, já vai ter sido acertada e seu canhão disparado.

Quando o aliadinho idiota dela ouvir o disparo, com toda a certeza virá correndo para ver se a sua aliadinha está bem. Vou aproveitar a oportunidade e pegar a funda, acertando a cabeça do imbecil quando ele estiver descendo de lá. Se eu tiver sorte, ele cai rolando de lá e morre. Se eu não tiver, vou arremessando minhas pedras até fazer ele parar.

Tudo o que eu quero é viver, mas se for preciso arriscarei a minha vida para mostrar a esses idiotas que eles não podem ferir Scarlett Lootmak e sair ilesos.
Resumo:
- Se agachar na beirada da cornucópia e bater no chifre, para mostrar a localização;
- Quando Emma aparecer, dar um chute em seu estômago (para ela não conseguir atirar com a sua arma) e enfiar a flecha em seu pescoço;
- Se Gold voltar, arremessar a pedra da funda e tentar derrubá-lo lá de cima;
- Se ele não cair, continuar arremessando as pedras em sua direção.

When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qui Jan 08, 2015 3:57 am


Pearl Martini
Estou pensando em tudo o que aconteceu até agora. Em todos os rostos que eu vi no céu até agora. Vinte e três mortos estarão mortos no final da edição. Só um vive e será coroado como vitorioso. Será que eu posso mesmo fazer isso? Será que eu vou conseguir matar para sobreviver? Olho o meu escudo cheio de sangue e me recordo de quando enfiei as minhas facas em tantos bestantes. Eu matei aqueles seres vivos... Mas... Mas eles não eram humanos. Eles queriam me matar, foi por legítimas defesa, não foi? Então eu não posso me sentir culpada. Mas... essas pessoas também vão me matar quando tiver oportunidade, não vão? Então, acho que também seria legítima defesa, não seria...?

Um estrondo me tira da minha meditação, fazendo meu coração pular e eu saltar, com a faca pronta para ser usada. O sentimento de que estou sendo atacada some ao perceber que foi apenas uma árvore que caiu na passagem para a Cornucópia. Ligo rapidamente as coisas e percebo que só restam poucos de nós. Eles querem um vitorioso logo. Essa árvore caída significa que se eu não for, possivelmente morrerei aqui, por algum bestante que eles enviarão e eu não vou ter por onde fugir. É melhor eu seguir para lá.

Caminho em passos lentos, com a minha capa esvoaçando atrás de mim e meu escudo e facas apostos. O líquido amarelo se comportou de maneira engraçada à carne, e o mesmo aconteceu com o laranja. Passei o líquido amarelo em minhas facas e deixei o laranja pronto para ser sacado quando eu precisar. Vou atravessar a passagem devagar, observando tudo. Primeiro vou visualizar a situação de longe. Se eu sentir que está seguro, vou me aproximar, devagar. Se o clima estiver tenso, vou ficar distante.

Se alguém vier para cima, vou arremessar minhas armas banhadas com o líquido amarelo e me proteger com o lindo escudo que meu mentor me mandou. E que a sorte esteja sempre ao meu favor!
Resumo:
— Seguir para a Cornucópia;
— Observar de longe os acontecimentos e julgar como a situação está;
— Ficar atenta aos outros tributos, atacando e se defendendo se for preciso.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Sex Jan 09, 2015 5:35 am


Pearl Martini
Olho atentamente o que está acontecendo na Cornucópia. Avisto duas árvores, um garoto no meio delas, a filha da vitoriosa que eu prefiro evitar ficar muito próxima e Emma. Todos ali parecem estar encurralados, mas de certa forma o que mais me incomoda ali são aquelas duas árvores. Até para o padrão dos Jogos Vorazes, duas árvores tão grandes não nasceriam tão rápido assim em um lugar daqueles. A única coisa que me vem à cabeça agora é que elas se deslocaram até lá. Olho para a anatomia delas e percebo que suas raízes são adaptadas para se deslocarem. Tudo faz sentido no momento em que eu me lembro quem é o garoto. Ele é do Distrito 10 e essas árvores são alguma espécie de bestantes que estão sob a doma dele. Emma está em sério risco.

— Emma, cuidado com os bestantes e o garoto! - grito, o mais alto que eu puder para Emma enquanto corro para mais perto deles - Acertá-o!

Vou correr em direção ao garoto e aos bestantes. Sacarei o meu vidrinho com o líquido laranja e arremessarei na árvore. O líquido corrosivo vai fazer sérios estragos nela, e, se nós dermos sorte, ela vai sentir tanta dor que vai acabar acertando o garoto sem querer. Se elas podem se mover, elas com toda certeza têm um sistema nervoso, então vai sentir dor. Vou permanecer um pouco afastada, em modo defensivo. Se alguém tentar me atacar, não exitarei em arremessar uma das minhas facas envenenadas na ameaça.

Resumo:
— Gritar para Emma acertar o garoto (usar o carisma para persuadir);
— Correr até eles e arremessar o líquido laranja em uma das árvores;
— Permanecer em uma distância segura;
— Se defender de qualquer ataque com o escudo e arremessando as facas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Sex Jan 09, 2015 5:51 am


Scarlett Lootmak
Encurralada. De um lado, o gordo com as duas árvores. Do outro, a loirinha besta... Digo, com a besta. Espera, cadê a sua companheirinha montadora de árvores, gordo inútil?! Aquilo não importava no momento, o que importava é que eu estava duplamente ferrada. Se um não me matar de um lado, o outro vai me matar. Eu tenho que fugir disso aqui. Para a minha sorte, eu penso muito rápido.

Como aprendi no treinamento de luta corporal, dou um rolamento rápido para o lado e tento sair da linha de tiro da garota e de qualquer ataque que esses aipos gigantes desferirem contra mim. Vou correr para o lado e tentar pegar uma barra de ferro ali perto. Se eu escutar que a loirinha atirou a flecha, vou correr rapidamente até ela e desferir um golpe certeiro em sua cabeça com a barra. Se ela não atirar, vou correr e subir as escadarias.

Resumo:
- Dar um rolamento para o lado, desviando dos possíveis ataques;
- Pegar rapidamente uma barra de ferro;
- Se Scarlett ouvir Emma atirando, ir até a carreirista e acertá-la diversas vezes na cabeça;
- Se não ouvir o disparo, correr e subir as escadarias;
- Estar atenta para atacar qualquer ameaça.

When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Dom Jan 11, 2015 7:55 pm


Scarlett Lootmak
Ainda não acredito que consegui fugir daqueles dois. O pior é que se eu tivesse ficado lá, teria recebido uma flechada no meio da fuça. Por sorte, a loirinha do 1 acabou distraindo aquela carreirista cabeça de vento. Valeu, Um!

Estou arfando quando alcanço o topo das escadarias. Olho lá para baixo, para ver se alguém está me seguindo. É então que eu escuto um tiro de canhão. Somos só cinco, agora. Parece que o morto foi o gordo do 10. As duas loirinhas ainda estão de pé.

— Você errou! Você errou! - berro, lá de cima - Por que você não vem me pegar, hein? Sua FRACA!

Arremesso uma pedra em direção a carreirista que atirou em mim. Preciso me mover, AGORA. Ao caminhar para longe dali, vou percebendo a beleza do lugar. Árvores frutíferas, uma fonte de água e vários lugares para se esconder. Por que eu não vim para cá antes? Talvez se eu tivesse... Não! Ronnie está morto. O que aconteceu, aconteceu. Para de viajar, Scarlett. Você pode morrer a qualquer momento, não é hora para ilusões.

Vou me esconder embaixo de uma árvore ali perto e descansar um pouco. Se ela vir até aqui, vai estar cansada e ofegante. Vou pegar a minha funda e dar uma pedrada na cabeça dela. Se eu tiver sorte, ela vai cair de lá de cima. Se ela não cair, vou arremessar as pedras até ela perder a consciência. Se eu errar, vou correr e me esconder.

Resumo:
- Gritar lá de cima para Emma, irritando a garota, chamando ela para lutar;
- Se Emma subir, arremessar a pedra na cabeça dela com a funda;
- Continuar arremessando as pedras, até chegar perto dela e empurrá-la lá de cima;
- Se errar a pedra da funda, correr e se esconder, usando a furtividade.

When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Dom Jan 11, 2015 8:11 pm


Pearl Martini
A ferida no meu rosto arde tanto que eu tenho vontade de chorar. Eu não tinha nenhum machucado até agora, talvez era isso que eu precisava para acordar. Eu estou nos Jogos Vorazes, ninguém vai me poupar de qualquer forma. Eu estou sozinha nessa e até o mais inocente pode me matar.

Mais um tiro de canhão. Mais uma morte e menos um concorrente. Agora estamos em cinco tributos. Gold não está aqui com Emma. Será que ele está morto? Se Gold não está com ela, não há o porquê de ela não me matar. Na verdade, eu acho que isso é o que ela quis desde o início. Mas eu não posso simplesmente atacá-la assim. Ela foi minha aliada e eu não sou de atacar pelas costas. Eu não sou assim. Seguro com firmeza o meu escudo. Percebo que por causa da luz do sol, ele está formando um daqueles reflexos que o metal normalmente faz. Perfeito. Faço o reflexo mirar na cara de Emma, "sem querer". É quando eu escuto um grito de cima das escadarias chamando por Emma.

— Emma, temos que pegar aquela garota!

Não sei se ela vai cair na minha lábia de novo, mas eu tenho que tentar. Se ela ainda estiver com planos de me manter como aliada e seguir rumo as escadarias, vou segui-la até o começo, mas não vou subir. Se ela me atacar, vou me agachar e proteger o máximo do meu corpo possível com o meu escudo. O reflexo vai me ajudar, eu espero.

Desculpa, Emma, mas eu não sou de atacar pelas costas, mas eu não sou mais a garotinha boba que aceita levar um tapa na cara e dá o outro lado.

Resumo:
— Usar o reflexo do sol no escudo para atrapalhar a visão de Emma;
— Tentar persuadir Emma a pegar Scarlett - usar o carisma;
— Se ela cair, segui-la até o começo da escada, mas não subir;
— Se ela atacar, agachar e proteger o máximo do corpo que puder com o escudo - arremessar uma das facas banhadas com o líquido amarelo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 12, 2015 4:03 pm


Pearl Martini
Emma parece extremamente irritada com o que aconteceu. Ela errou o tiro na garota filha de vitoriosa, mas acabou conseguindo matar a verdadeira ameaça ali. Mas ela precisava ter me xingado? Talvez o povo do Distrito 2 não seja tão educado quanto nós do 1. Emma não tem o menor respeito por mim, eu já imaginava isso. A garota do 9 grita algo para nós, mas não consigo entender uma só palavra. Tento mostrar a Emma que a verdadeira ameaça era ela, mas parece que a não-sei-se-ainda-minha-aliada não pareceu querer ir atrás dela. Na verdade, se eu não tivesse feito o truquezinho com o escudo, ela teria acertado uma flecha em mim.

De repente, sinto uma dor intensa me jogando para o chão. Já no chão, lembro-me de que ignoramos completamente o outro bestante. Eu derrubei um, mas o outro ficou. Ele não deve estar feliz que perdeu seu amigo.

— Emma, temos que sair daqui!

Eu sei que ela não é mais tão confiável quanto antes, mas o que eu posso fazer nesta situação? Eu não vou aproveitar o ocorrido e cravar uma faca nela. Além do mais, eu me lembro daquele ferimento em suas costas. Com essa pancada, ela deve estar sentindo dores terríveis e não será capaz de me atacar durante algum tempo. Nesse meio tempo, eu sumirei de suas vistas. Levanto-me e me coloco a correr. Seguro o escudo para tomar cuidado para não receber mais nenhum ataque da árvore-bestante (ou até mesmo de Emma). Minha bochecha está ardendo muito, tenho que parar em um lugar tranquilo.

Ao correr em direção às escadarias, eu fico de olho em Emma. Se ela atirar contra mim, vou me proteger com meu escudo e arremessar a faca nela. Ela estoura muito fácil e é imprevisível, mas é inocente e não percebe algumas coisas com facilidade. Vai ser mais fácil despistá-la quando ela estiver distraída.

Resumo:
— Fugir dali, sempre se protegendo com o escudo de possíveis ataques do bestante e de Emma;
— Ficar de olho em Emma, caso ela queira acertar Pearl;
— Se Emma atacar, se proteger com o escudo, arremessar uma das facas banhadas com o líquido amarelo;
— Subir as escadarias, aproveitando para sumir de suas vistas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 12, 2015 4:30 pm


Scarlett Lootmak
As loirinhas pareciam nem ter ouvido o que eu disse. Também, com o vento forte que está fazendo aqui em cima! Mas foda-se, eu acabo com aquela bestinha depois. Ela fodeu com a minha mão, eu vou foder com a vida dela. Encosto-me em uma árvore, longe da visão de quem sobe as escadarias ou quem desce aquele morro, e examino a minha mão. Eu não queria, mas sinto que vou precisar de uma ajudinha dos céus.

— Me manda alguma coisa pra isso aqui. - peço, olhando para o céu - Você não me mandou nenhum patrocínio até agora, Barley. Ainda tá aí fazendo o seu trabalho?

Eu sei que prometi a mim mesma que não pediria ajuda, eu consigo fazer sozinha, mas acho que já provei isso. Chegou a hora de usar tudo o que eu posso para derrubar o resto da concorrência, mesmo sendo ela três tributos de distritos fortes. Tenho que estar descansada e bem preparada. Tiro o meu cantil da bolsa e bebo toda a água ali. Colho algumas frutas que eu tenho certeza de serem boas para o consumo e as como. Vou descansar embaixo desta árvore e vigiar as escadarias. Vou prestar bem atenção se aquelas duas vão subir.

Resumo:
- Pedir patrocínio para curar a mão;
- Beber a água do cantil e comer algumas frutas boas para o consumo;
- Descansar - escondida - e prestar atenção nas escadarias.


When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Ter Jan 13, 2015 3:47 am


Scarlett Lootmak
O paraquedas desce do céu com remédios. Alguns analgésicos e uma seringa com adrenalina líquida. Já vi alguns tributos usarem isso em algumas edições. Na maioria delas, eles a usam como último recurso. O que será que a minha mentora está pensando...? Tomo minha água e como um pouco. Consigo sentir meu corpo relaxar um pouco à sombra da árvore, até que escuto passos. Olho para o lado das escadarias e vejo uma das loiras. Acho que aquela é a do 1. Sim, a do 2 não tinha um escudo... Ei, aquele ali é o companheirinho de distrito dela? Parece que o negócio vai ficar bom!

Agora tudo faz sentido. Eu sei o que minha mentora quer de mim. Eu não consigo matar aquele carreirista sem o meu arco. Por mais que uma pedrada na cabeça seja efetiva, não chega aos pés de uma flecha bem atirada. É isso o que ela quer de mim com essa adrenalina. Obrigada, mentora.

Mas eu preciso chegar mais perto dele... Já sei! Vou enganá-lo. O que todos subestimam? Uma presa fraca e ferida. E é isso o que eu vou me tornar agora. Pego a minha mão ferida e passo na minha cabeça, fazendo uma sujeira de sangue no local. Aplico rapidamente o conteúdo da seringa e preparo o meu arco. Com a aplicação do líquido, eu serei capaz de não sentir dor alguma. Para minha sorte, a mão fodida é a que segura o arco e não a que puxa a corda. Menos mal para mim.

Espero o momento exato para me aproximar o máximo que posso sem ser vista. Quando não der mais para me aproximar sem ser percebida, vou cambaleando e chamando por Gold, mas sempre mostrando o quanto estou vulnerável e fraca. Quando ele se aproximar, pronto para dar o golpe de misericórdia, vou puxar rapidamente a corda do arco e cravar uma flecha em lindo e musculoso peito. Com toda a certeza, a loirinha vai ficar chorando o difundo...

Se a loirinha subiu, a outra também subirá. Vou armar outra flecha no arco e descer as escadarias. Aquela garota é lesa, parece não processar as coisas muito bem. Nem vai sentir quando a flecha acertá-la.

Resumo:
- Passar sangue na cabeça, fingindo ser ferimentos;
- Aplicar a adrenalina líquida;
- Enganar Gold, se fazendo de ferida e fraca para se aproximar dele (astúcia) - gritar para não deixá-lo sair dali;
- Quando ele estiver em um alcance bom, puxar a corda do arco e atirar contra seu peito;
- Correr para as escadarias e acertar uma flecha em Emma;
- Em último caso, jogar o próprio corpo em Emma para ambas descerem rolando das escadas.


When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Ter Jan 13, 2015 4:08 am


Pearl Martini
Ao terminar de subir as escadas, estou arfando. Olho para trás com medo de Emma estar atrás de mim e me acertar com uma de suas flechas, mas ela não estava ali. Olho lá de cima e vejo a enorme árvore aos pés da escadaria. Melhor para mim que ela não consiga subir aqui. Já Emma, nem sinal...

Ao olhar para frente, perco completamente o fôlego. Quem eu achei que estava morto, agora estava bem ali, a alguns metros de mim. Era Gold. O rapaz parecia estar bem e sem nenhum ferimento. Eu estava tão aliviada de poder vê-lo de novo que poderia largar a minha faca e meu escudo e correr abraçá-lo, mas infelizmente nós estamos nos Jogos Vorazes. Por que será que ele deixou Emma para trás? Será que já chegou o momento da quebra das alianças? E se Gold estiver pensando em me matar neste exato momento? Posso jurar que minhas feições mudaram de alivio para preocupação e medo tão rápido quanto uma das flechas da Emma.

— Gold, por favor, não me machuca... — peço, quase ficando sem fôlego. — Eu sei que estamos no final e só um vence, mas... Seria tão desonroso. Na verdade, eu não consigo te imaginar fazendo algo assim. Bom, não a essa altura... e... — Eu relaxo um pouco o escudo e olho em seus olhos, quase implorando. — Eu sumo daqui e nós não precisamos fazer isso...

Eu sei que Gold é honrado e dificilmente me mataria agora. Mas eu não sei quais são suas reais intenções, eu não sei quais são os seus sentimentos neste momento. Eu só posso tentar convencê-lo a me deixar ir. Fugir daqui. Espero que eu não tenha que fazer mal a alguém que eu gosto tanto para proteger a minha própria vida...
Resumo:
— Falar com Gold;
— Se Gold não atacar, correr para morro a cima;
— Se Gold atacar, arremessar uma das facas com líquido azul em um local não mortal e correr para morro a cima.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qua Jan 14, 2015 6:22 am


Pearl Martini
Gold se mostra horando e me deixa ir, sem nenhum arranhão. Caminho rapidamente morro a cima, até lembrar que meu machucado precisa de cuidados. Tiro minha mochila das costas e pego o kit de primeiros socorros de lá. Limpo o ferimento e faço um curativo simples nele. Vai dar cabo até eu sair daqui... Se eu sair... Volto a caminhar, até Deus sabe onde. Eu só sei que preciso me afastar o máximo que eu puder de Gold. Eu não suportaria ver o corpo de mais um aliado meu morto, ou pior: eu mesmo ter que matá-lo. Meu coração dói só de pensar, e é aí que eu apresso o passo.

— Papai... Mamãe... Distrito 1... Eu vou voltar para casa! Eu vou vencer a Sexagésima Sétima Edição Anual dos Jogos Vorazes! Eu prometo... - digo sorrindo, olhando para o céu.

Jogo fora a mochila e a capa branca que estava usando. Não precisarei mais disso. O final está próximo e eu não posso ter nada me atrapalhando neste momento. Apenas eu, minhas facas e meu escudo contra todos dentro desta arena. Lutarei até o meu último suspiro para sair daqui com a vitória.

Resumo:
— Continuar subindo;
— Cuidar rapidamente do ferimento;
— Jogar a mochila e a capa branca para ficar com menos peso;
— Estar pronta para atacar qualquer ameaça com as facas e se proteger com o escudo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qua Jan 14, 2015 6:45 am


Scarlett Lootmak
A adrenalina parece fazer as coisas acontecerem muito rápido... Ou... As coisas estão realmente acontecendo muito rápido? Quando percebo, Gold já está a aproximadamente quatro metros de mim e dois bestantes com os olhos vermelhos estão querendo a carne do carreirista. Parece que a adrenalina não vai me ajudar com a minha mão fodida, vou ter que apelar para a maldita da funda.

Estou tão agitada e irritada neste momento, que poderia fazer uma besteira. Na verdade, eu vou fazer uma besteira! Sei que não posso matar esses quatro tributos sozinha, muito menos nessas condições. Tenho que aproveitar que meus sentidos estão aguçados para pelo menos deixar meu nome escrito nessa maldita edição. Scarlett Lootmak, o Tributo Feminino do Distrito 9, filha de Briar Lootmak, a garota que matou o carreirista mais forte da edição. Mas... será que isso seria o suficiente? Foda-se! É isso o que eu vou fazer!

Guardo o meu arco e saco rapidamente a funda, que já deixei preparada com uma pedra que fará algum estrago. Vou tentar continuar escondida e arremessar a pedra bem na cabeça do idiota. Se ele não desmaiar, vai pelo menos atrapalhá-lo o suficiente para que os bestantes o matem. Assim que eu acertá-lo, vou guardar a funda e escalar uma dessas árvores. Espero que nenhuma delas seja da mesma espécie que aquelas lá embaixo.

Resumo:
- Atirar uma pedra na cabeça de Gold para atrapalhá-lo - usando a funda;
- Escalar uma árvore e se esconder.

When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Sex Jan 16, 2015 6:15 am


Pearl Martini
Já estava à noite na arena e quatro de nós ainda vivos. Eu realmente achei que os jogos terminariam hoje, mas parece que vamos ter que esperar um pouquinho até o grande final. Um arrepio gélido me sobe, não sei se por causa do clima ou se por causa da imagem de só eu e Gold vivos na final. Balanço a cabeça para espantar o pensamento.

Paro um pouco, me estico e começo a pensar o que eu deveria fazer. Aquelas imagens não passaram sem um motivo. Me recordo de cada uma delas e uma certa história se materializa na minha mente. Eu sempre gostei de ler muito, então certa vez meu pai me presenteou com um livro bem velho. Ele contava histórias de um povo muito antigo. Lembro-me de algo relacionado com queimar as vísceras de um animal na fogueira. Mas... será que há relação? Se bem me lembro na história, havia algo relacionado com poder. Será que se eu queimasse as vísceras, eu ganharia alguma vantagem aqui? Meu corpo estremesse. Acho que eu já sei o que tenho que fazer.

— Distrito 1, preciso da força de todos neste momento! Torçam por mim e me mandem muita energia positiva! - me viro aos céus, mostrando um lindo sorriso. Eu estou mais próxima de casa a cada momento.

Seguirei com passos calmos e atentos, sempre segurando com firmeza a minha faca. Escutarei e tentarei entender tudo o que estiver passando ao meu redor. Isto aqui é um teste e eu tenho que passar nele. Se aqueles cães vierem para cima... Bom, eu vou observá-los e deixar que façam um movimento primeiro. Se virem correndo, arremesso as facas neles...

Resumo:
— Continuar, procurando pelas vísceras do animal;
— Ficar atenta a tudo o que se passar, para entender melhor o que aquilo tudo queria dizer;
— Se preparar para se defender, mas esperar que se mostrem agressivos para então se defender.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Sab Jan 17, 2015 2:18 am


Pearl Martini
Deparo-me com duas construções com estátuas muito bem feitas bem nas entradas. Uma coruja e um javali. Ainda nas lembranças do livro antigo, me recordo que a coruja é o simbolo da sabedoria e o javali da força, guerra. Na verdade, eu não me recordo bem sobre este último. Aquelas estatuas diziam muito do que eu poderia encontrar lá dentro. Ou não. Mas eu não podia parar agora. Eu tenho que continuar. Se minha teoria estiver certa, eu estou cada vez mais perto de casa.

Empurro a porta levemente e adentro no recinto. Vamos ver quais serão as surpresas deste aqui. Estou um pouco receosa, mas não com medo. Se minhas teorias estiverem certas, aqui dentro encontrarei um quebra-cabeça... e eu sou muito boa neles.

Resumo:
— Entrar no templo da coruja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Dom Jan 18, 2015 3:03 am


Pearl Martini
Adentro no tempo e dou de cara com uma criatura que me deixa completamente amedrontada. Coloco o meu escudo para me proteger de um possível ataque e saco minha faca, mas quando faço isso, me lembro do que realmente eu estava fazendo ali. Eu não vim para lutar, vim para testar o meu raciocínio. Me permito relaxar. A criatura abaixa a sua cabeça e um líquido vermelho (que pelo cheiro posso dizer que é sangue) começa a escorrer pelo chão formando uma frase.

A frase é complicada e confusa, mas eu sei que isso é uma charada e eu tenho que acertá-la. Leio a frase algumas vezes, em voz alta e prestando muita atenção. Olho algumas vezes para o bestante a minha frente e percebo que ele espera que eu responda algo. Se eu responder errado, estou morta. Mas e se eu responder certo...? Volto a pensar na frase.

"Trinta cavalos brancos em um morro vermelho". O que isso poderia significar? Tento imaginar a imagem na minha cabeça, fechando os olhos. "Primeiro eles abocanham, depois eles pisoteiam, então eles permanecem em pé". A imagem de trinta cavalos mastigando e pisoteando algo se repete várias vezes na minha cabeça. Tenho certeza que passou um tempo considerável quando o pânico começa a tomar conta de mim. Morto meu lábio inferior.

É aí que uma luz se ilumina na minha cabeça. Faço o mesmo movimento que fiz anteriormente. Coloco o lábio inferior nos dentes. "Primeiro eles abocanham...". Começo a mordê-lo. "... depois eles pisoteiam...". Faço até sentir o gosto de sangue na boca. "Então eles permanecem em pé." Os trinta cavalos em um morro vermelho...! É claro!

— Dentes! - respondo finalmente para a criatura.

Resumo:
— Responder: dentes.
— Seguir, atenta à ameaças.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 19, 2015 4:11 am


Pearl Martini
A criatura some diante dos meus olhos e meu sorriso aparece na mesma rapidez. Caminho lentamente até a porta que se abrira para mim, até que percebo algumas imagens na parede. O animal com cabeça de vaca e corpo de cobra. Um bestante cão com algo escrito na coleira. "Laelaps". Reconheço o nome logo de cara. Isso significa que são cães de caça. Se bem me lembro, eles nunca falham ao caçar algo. A próxima imagem é de um cão atacando a vaca com cobra. Por último, vejo a imagem do mesmo cão perto de uma fogueira, levando algo bem estranho em sua boca. E tudo agora fazia sentido na minha cabeça.

— Eu não posso deixar aquele garoto terminar o que ele está fazendo!

Um tiro de canhão me tira a concentração. Olho para trás, à procura de alguém vindo correndo, mas não encontro ninguém. Somos só três agora. Eu, o garotinho da imagem e um tributo que pode ser tanto Gold quanto Emma. E quem quer que seja que esteja vivo agora, vai vir nesta direção. Eu não posso ficar aqui.

Então o meu destino estava traçado. Eu tinha que impedir o garoto. Se ele conseguir qualquer vantagem que fosse ao queimar aquelas coisas, eu estarei morta.

Resumo:
— Seguir em frente.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 19, 2015 5:52 pm


Pearl Martini
Os dois primeiros rostos que aparecem no céu fazem meu coração ser esmagado. O fôlego falta e minha visão fica embaçada por causa das lágrimas que correm como se eu não tive controle sobre elas. Na verdade, eu não tenho nenhum. Minhas pernas já não sustentam o meu corpo e eu caio de joelhos no chão. A dor de ver o rosto dos dois no céu é indescritível. Eu sabia que poderia acontecer, mas eu achei que seria ao contrário. Eles veriam o meu rosto lá antes mesmo de pensarem na possibilidade.

Tento me levantar e me controlar. Eu estou viva, eles não. Tenho que aceitar isso. Se eu morrer agora, tudo estará acabado. Eu cheguei muito longe para desistir assim. Olho para frente, com alguma dificuldade, e observo as estatuas que estão a minha frente.

— Um cavalo... Poseidon. Não quero morrer afogada. Uma pantera... Dionísio. Não quero ficar louca. - concluso rapidamente as duas. Mas quando eu olho para a terceira, meu coração pula. - Um veado! Ártemis! Ela gostava de garotas! Talvez eu tenha alguma chance aqui!

Aproximo-me da porta e adentro lentamente o templo. Depois de ter passado pelo primeiro templo, fiquei menos receosa. Vamos ver o que esse templo reserva para mim.

Resumo:
— Entrar no templo do veado.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 19, 2015 6:26 pm


Pearl Martini
Adentro lentamente no templo. Uma cabeça bem grande de um veado escupida no final da sala me chama a atenção pelos olhos brilhantes. Nos lados da sala, havia árvores. Um movimento rápido me faz olhar rapidamente para ele e colocar meu escudo em posição de defesa. Mas não era uma ameaça, era apenas uma raposa. Ela corre e se esconde entre as árvores.

— O que é pra eu fazer aqui...? - me pergunto, olhando ao redor.

Ártemis era a deusa da caça, certo? Então é suposto eu capturar a raposa. Mas como eu vou fazer isso? Elas são esguias e espertas. Mas... Eu também sou! Eu também tenho que ser! Olho novamente para os olhos do veado e tenho uma ideia. Corro rapidamente para o lado oposto que a raposa entrou e me escondo. Coloco o escudo em uma posição boa e começo a fazer reflexo para chamar a atenção do animal. Eles são espertos, mas muito curiosos. Quando criança, eu já li vários contos com esses animaizinhos. Tentarei o truque até a raposa vir ver o que é. Assim que ela estiver em uma boa distância, vou arremessar uma das minhas facas banhadas com o líquido amarelo.

Resumo:
— Tentar fazer reflexo com o escudo e, quando a raposa ir ver o que é, arremessar uma das facas amarelas nela.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 19, 2015 7:30 pm


Pearl Martini
A raposa era astuta, mas não tanto quanto deveria. Consigo derrubá-la na terceira tentativa, mas o importante foi ter conseguido. A boca do veado se abre para me dar passagem, assim que seus olhos se tornam verdes. Quando vou passar pela porta, encontro cinco facas no chão. Pego uma delas e a analiso. Muito bonita e mortal. Melhor que as que eu tenho. Coloco-as em meu sinto e sigo, com uma delas na mão. Será que vai haver mais teste pela frente?

Resumo:
— Pegar as facas, coloca-las no cinto e seguir, com uma delas na mão.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Seg Jan 19, 2015 10:53 pm


Pearl Martini
A paisagem assustadoramente familiar faz meu coração pular. Com todas essas surpresas, acho que meu canhão logo soara. Olho para a minha cama e vejo uma pessoa muito familiar. É tão familiar que eu tranco a respiração de espanto. Sou eu sentada na minha própria cama e com uma faca nas mãos. As semelhanças são tantas que chegam a ser doentias. Digo isso por pensarem em fazer algo assim. Mas será que ela realmente sou eu...? Ela é muito bonita. Será que eu sou assim? Não, acho que eles quiseram me deixar um pouco sem estruturas e vaidosa ao ver a minha imagem.

— Podemos conversar por um instante, por favor? - digo, calmamente, mas ainda bem posição de defesa - Eu não te machucaria e sei que você não me machucaria sem motivos. Então, por favor, poderia largar a faca? - o que eu digo é a mais pura verdade. Se eles querem me colocar contra mim mesma, eu devo ser mais esperta que eles. Eu nunca machucaria uma pessoa gentil. Enquanto eu não atacá-la, ela não fará o mesmo... bom, se ela realmente for exatamente como eu sou.

Resumo:
— Pedir gentilmente para que o holograma largue a faca;
— Estudar os movimentos dela, sempre pronta para se defender.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Ter Jan 20, 2015 6:16 pm


Pearl Martini
Passo pela porta e avisto uma enorme subida. Estico as pernas um pouco e movimento meu pescoço, para relaxar. De repente, avisto algo correndo morro acima. Um outro bestante cachorro. Ele me avistou e vai avisar aos outros. Eu preciso agir rápido!

Olho para o meu escudo e minhas facas. Será que vou conseguir passar por tudo isso sozinha? Eu não fui treinada a vida inteira, nem sei dar chutes, socos ou golpes mais elaborados... Mas eu consegui sobreviver até agora, não foi?! Mesmo que não fosse com meus músculos, eu consegui. Fui mais esperta do que o resto, não fui?! Passei por todos esses testes e me defendi de todos aqueles bestantes. Mas por que eu tenho a impressão de que eu não vou conseguir passar pelo próximo? Não! Eu não posso pensar assim!

— Povo de Panem! A força de vocês é a minha! Eu passei por todos esses testes, mas sinto que o próximo será pior do que os anteriores. Não sei o que me aguarda lá, mas eu preciso de ajuda extra. - falo para os céus, sorrindo na última frase - Preciso de algo que proteja mais do que este escudo. Por favor.

Resumo:
— Pedir uma roupa-armadura;
— Vesti-la e seguir em frente;
— Observar antes de fazer qualquer coisa;
— Se defender, caso precise.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qua Jan 21, 2015 1:50 am


Pearl Martini
Visto-me cuidadosamente com a roupa que recebi, com um sorriso enorme, principalmente depois de lembrar que as dádivas triplicam de preço a essa altura dos Jogos. Todos os fãs do Distrito 1 agora estão ao meu lado. Panem está comigo. Não vou desapontá-los. Gloss também está orgulhoso de mim, acredito. Eu sei que ele preferia que Gold vencesse, mas agora ele não tem escolha. Papai, mamãe... Eu prometo que voltarei para casa.

Caminho lentamente até o templo, onde sinto o cheiro de sangue e vejo uma luminosidade muito grande. O cheiro me traz a lembrança de Menon morto na minha frente. Mas ao invés de me desanimar, eu sinto que devo fazer de tudo para conseguir vencer. Eu prometi a Menon, mesmo ele estando morto, que eu venceria para viver por nós dois. Fazer a sua memória não morrer na história.

Vou me aproximar lentamente do templo, me escondendo e espiando antes de tomar qualquer iniciativa. Dependendo do cenário dentro do templo, vou agir.

Resumo:
— Se esconder e espiar o que está acontecendo no templo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qua Jan 21, 2015 6:07 pm


Pearl Martini
Avisto o garoto sentado em um trono, com uma águia morta aos seus pés. O deus rei Zeus. Ele matou a águia e agora tomou conta do trono. Será que é isso que dá a ele o direito de controlar esses cães? Havia cinco deles em volta do fogo e um outro sentado perto dele. Como eu vou lidar com esse garoto? Eu conseguiria matar todos esses bestantes? A armadura começa a me pesar. Olho para o meu escudo e percebo que seria mais inteligente eu não usá-lo. Ele vai me cansar e me deixar mais lenta.

Respiro fundo. Vou ter que ser inteligente neste momento. Não posso sair atacando assim. Será que... Será que eu conseguiria fazer com ele o mesmo que fiz com o holograma lá atrás? Mas eu não conheço o garoto, como eu conseguiria persuadi-lo? Olho o cenário ao redor, até que uma ideia me vem à cabeça. Ele matou a águia, agora tomou o trono. Ele não deve ter mais que 13 anos. É uma criança, mas ainda é perigoso. Eu sempre lidei muito bem com as crianças e talvez com esse aí não vai ser diferente. Eu só preciso enaltecê-lo. Deixo o escudo perto da porta e entro, devagar. Antes de entrar, tiro o curativo do meu rosto, para mostrar o ferimento.

— Oh, senhor! - digo, me ajoelhando e olhando para ele - Vim correndo avisá-lo que há uma ameaça vindo matá-lo! Nós vimos a sua imagem ao ganhar o trono. Ela tentou me matar, mas eu consegui escapar. - mostro o ferimento - Ela já está vindo e não descansará até te ver morto! Ela usa uma besta e vai disparar no seu coração!

Agora que o garoto tem tanta vantagem, vai se sentir mais poderoso do que nunca. Normalmente, as crianças não sabem medir o que é real e o que não é. Espero que essas palavras o atinjam tanto quanto eu imagino que vão atingir.
Resumo:
— Falar com Icarus, tentando persuadi-lo a usar os cães e a tirá-los dali;
— Usar o charme para encantar a criança;
— Se proteger com as facas, caso Icarus ataque Pearl.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   Qui Jan 22, 2015 7:34 pm


Pearl Martini
Por esse eu não esperava. O garoto entendia de armas. Não é possível! Será que no distrito dele também há treinamento? Não! Papai disse que nos distritos mais distantes eles não fazem isso. Tudo que preciso fazer é me acalmar e continuar com o teatro.

— Mas não foi com a besta que ela me atacou. Se ela tivesse me atacado com a besta, eu estaria morta! - digo, me levantando calmamente - Eu só quero te ajudar. - falo com a voz melancólica - O seu primo Zako parece saber das coisas. Me diga, senhor, ele esperaria sentado alguém vir até o castelo dele e o matar com uma flecha no coração?

Questiono, deixando a dúvida em sua cabeça. Isso será capaz de distraí-lo. Na minha cabeça, eu estou lutando para não fazer o que estou querendo fazer agora. Na verdade, o que eu tenho que fazer, porque todo o meu coração está em pedacinhos por causa disso. Seguro firmemente uma faca das que ganhei no templo do veado cuidadosamente sem que ele perceba e arremesso. Na minha cabeça, vou matar uma águia. Mas isso é apenas algo que eu faço para enganar a mim mesma, porque a faca neste momento está voando em direção ao corpo do garotinho.

Resumo:
— Distrair Icarus com a pergunta sobre seu primo;
— Arremessar a faca em seu abdômen;
— Se defender de possíveis ataques dos bestantes.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pearl e Scarlett   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pearl e Scarlett
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» pokemon diamon pearl online
» @πetra~
» NPC Parceiro - Luana Scarlett

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
67º Edição Anual dos Jogos Vorazes :: Os Jogos :: Pearl & Scarlett-
Ir para: