67º EDIÇÃO ANUAL DOS JOGOS VORAZES
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Despedida no Distrito 08

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Despedida no Distrito 08   Qui Abr 03, 2014 11:27 am


A Despedida


Depois de se cumprimentarem, os tributos são levados para dentro do Edifício da Justiça sob o silêncio total da população.
Dentro do prédio, eles são separados e colocados em cômodos, onde esperam para se despedirem de seus familiares e conhecidos.

Faça uma breve despedida com sua família e/ou amigos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Dylan Matheson

avatar

Mensagens : 35

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Despedida no Distrito 08   Sex Abr 18, 2014 11:00 am


Dylan Matheson

Encaminhado pelos pacificadores chegai ao Edifício da Justiça. Depois chegamos a frete duma porta e abriram, e me mandaram para dentro de um quarto era tudo muito bem preparado para recebermos nossos familiares e eu estava numa pilha de nervos... Chegou a hora dos familiares virem nos ver e falar possivelmente pela última vez e eu andava a passear dentro do quarto feito tonto. Até que a porta se abre e eu paro juntamente com meu coração, e de lá aparece meu irmão Noah e a minha irmã Beth a correr em direcção a mim e se agarraram logo a chorar. Minha mãe muito triste e tentando aguentar o choro avança na cadeira de rodas e fica diante de mim.

Os minutos eram contados e pouco tempo poderíamos nos estar a despedir, então o que era importante era aproveitar todos os segundos.

- Maninho, que vamos fazer durante este tempo que não vais estar? – Perguntou Beth a soluçar enquanto chorava. – Eu não te quero perder…

-Vocês não me vão perder, vou fazer de tudo para voltar a casa.

-Prometes? – Perguntou Beth.

Quando ela me disse aquilo fiquei em pânico sem saber o que dizer.

- Beth nosso irmão vai conseguir voltar, nos podemos sempre contar com ele, como sempre contamos. – Disse Noah tentando mostrar-se forte.

-Isso mesmo, eu vou voltar. – Disse eu pensando. – “ Pelo menos tentar”…

-Minha mãe, não se vá abaixo, se eu ganhar conseguirei cura-la, até foi bom ser escolhido, pelo menos existe uma hipótese de a salvar. – Disse eu me aproximando da minha mãe. – Você é uma mulher forte, eu vou fazer de tudo para vos voltar a ver, não vos vou desiludir.

-Meu filho, você nunca me vai desiludir, és um grande filho. E não digas que foi bom ter sido escolhido, é horrível pensar que vais entrar nos jogos e que podes morrer. – Disse minha mãe começando a chorar. – Vence meu filho, volta para casa, precisamos muito de ti.

- Maninho, estamos contigo, dá o teu melhor… és o meu herói… - Disse a minha irmã Beth enquanto me abraçava com força.

-Noah por favor, ajuda-as, nunca as deixes… - Continuei eu, a isentava-lo. – És agora o homem da casa, protege-as e porta-te bem…

Dou o meu último abraço e beijinho a cada um dos meus irmãos e quando dou um abraço a minha mãe os pacificadores entram na sala, dizendo que o tempo acabou. Eles começam a ser retirados dali a força e minha mãe grita:

-Meu filho, ganha por favor e volta para nós…



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rya Lokidottir

avatar

Mensagens : 32
Idade : 21
Localização : Distrito 8

Estado
Fome:
50/100  (50/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Despedida no Distrito 08   Sex Abr 18, 2014 1:56 pm


Rya Lokidottir

Os pacificadores agarraram-me a força e levaram-me para o Edifício da Justiça, eles estavam a agarrar-me com força e são homens brutos, que filhos da puta, só me apetece dar porrada neles, estou farta de ser agarrada por eles.

- Foda-se, podiam largar-me? Eu ainda sei andar sozinha, só preciso que me indiquem o caminho caralho… - Disse eu largando-me deles.

-Olhe o respeito, continue em frente e cale-se. - Resmungaram os pacificadores.

Eles olharam para mim zangados e mandaram-me seguir em frente em direcção a uma porta e desta vez já não me estavam a agarrar, estava muito mais aliviada, já não tinha aquelas mãos imundas a tocarem-me. Entrei dentro do quarto e fecharam a porta, agora espera os meus lindos irmãos, da qual vou sentir imensa falta.

A porta abre-se e entram os meus irmãozinhos, Zane e o Lynn a correr. E logo a seguir entram duas raparigas, a Lisa e Andrea que eram da minha banda e que já não entravam nos jogos, e ficaram caladas a espera.

-Mana… - Gritou o mais novo, Lynn. – Quando voltas para casa?

-Lynn, eu agora vou estar um tempo fora, mas vou voltar daqui a um tempo. – Respondi eu, tentando não os preocupar tanto.

-Mas mana, tu podes morrer lá? – Perguntou Zane.

-Claro que não, acreditem na vossa mana, eu vou voltar e continuar com vocês. – Disse eu acariciando as caras de zane e Lynn. – Agora vocês vão ficar com as minhas amigas do grupo, e por isso vocês vão ter de se portar bem.

-Claro que vamos, nos gostamos delas. – Respondeu Zane.

-Agora dêem-me um abraço muito forte antes que apareçam aqueles pacificadores estúpidos. – Pedi eu aos meus irmãos.

-Mana, nos adoramos-te muito, vai tudo correr bem… - Disseram eles os dois.

Eles deram-me um grande e forte abraço ao qual me recordei o tempo que vivi com eles e o que nos já passamos. Aquilo soube-me tão bem, que as lagrimas me caíram e abracei-os ainda mais, pois sabia que poderia não velos mais.

-Rya estas bem? – Perguntou Lisa preocupada.

-Sim estou, por favor, eu confio muito em vocês. Vocês tem de tomar conta deles até eu chegar e se não chegar quero que continuem a cuidar deles. – Disse eu preocupada com o futuro deles. – Só tenho vocês neste momento, eu agradeço…

-Sabes que nós iremos sempre ajudar e cuidar dos teus irmãos, mas tens de ir e voltar, pois nos queremos-te aqui presente. – Falou Andrea.

- Tu és uma mulher muito forte, por isso não podes morrer, tens de dar tudo por tudo para voltar viva. Nos sabemos que vais voltar.

-Obrigada meninas, muito obrigada. – Disse eu limpando minhas lagrimas. – Eu vou fazer de tudo para ganhar e vou voltar.

-Mas Rya o que vais fazer em relação ao dylan?

-Não sei… - Disse eu me lembrando desse problema, ele era um grande amigo.

Nesse momento chegam os pacificadores e entram na sala, dizendo que o tempo acabou. Os meus irmãos e amigas retiram-se e eu fico no quarto e sento-me numa cadeira e choro já de saudades. Tinha de fazer de tudo para voltar para casa, ou pelo menos orgulha-los do que lá fiz.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Despedida no Distrito 08   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Despedida no Distrito 08
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Uma informação mais os Prints da despedida
» Ruas de Viridian - Despedida da Cidade Natal
» Antigo Distrito Uchiha
» Despedida e Viagem
» Distrito Comercial

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
67º Edição Anual dos Jogos Vorazes :: Distritos :: Despedida-
Ir para: