67º EDIÇÃO ANUAL DOS JOGOS VORAZES
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Vagão do Distrito 08

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: Vagão do Distrito 08   Dom Abr 06, 2014 11:51 am



VAGÃO DO DISTRITO 8


Após a despedida, os Tributos são conduzidos até a Estação de Trem. Lá embarcam no trem que os levará até a Capital, o destino final. Há de tudo na cabine, principalmente comida. Comida em abundância, tanto salgadas quanto doces. Há também algumas bebidas alcoólicas, mas são proibidas para os Tributos.

- Aff! Mais um casalinho não, por favor. - Uma figura nova se levanta e parecia bastante aborrecida ao ver os dois tributos. Ela parecia ser bastante nova, se faria passar por um Tributo se não fosse já conhecida. Lanette Baize.

- Espero que estejam aqui com intenção de ganhar. Nem que isso signifique terem que se matar um ao outro.  - Os olhos da garota saltam de de Rya para Dylan e de Dylan para Rya, tentando captar todos seus sinais.

Ela então ordena aos tributos para que se sentem em sua frente.

- Vá, façam lá as perguntinhas do costume.




Vocês têm direito a TRÊS perguntas. Pensem sabiamente no que pretendem perguntar, pois essas perguntas vão dar a vocês pontos de atributos ou habilidades.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Rya Lokidottir

avatar

Mensagens : 32
Idade : 21
Localização : Distrito 8

Estado
Fome:
50/100  (50/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Vagão do Distrito 08   Seg Abr 21, 2014 9:07 pm


Rya Lokidottir

A despedida foi muito dura, agora só poderia ver os meus irmãozinhos se ganha-se, e para isso tinha de ser forte daqui para a frente e focar-me só numa coisa, ganhar. Então comecei a ser conduzida até a estação de trem onde ía fazer uma viajem até a capital juntamente com dylan, e quando entro vejo que a cabine tinha de tudo o que era comida, bebidas entre outras coisas requintadas e espaço para estarmos a vontade a usufruir de uma boa viajem. Nem falei ao dylan, haveria tempo para falar, mas não agora.

Estava eu a olhar para tudo, mas sem vontade de comer e muito menos estar ali, agora só queria vencer isto e ir para casa, e não iria ser o dylan a me impedir. Mas não reparei numa coisa, uma pessoa nova se levanta e parecia bastante aborrecida ao ver-me a mim e ao Dylan, ela era Lanette Baize.

- Aff! Mais um casalinho não, por favor.

Fiquei calada e fiquei a espera do que ela ia dizer.

- Espero que estejam aqui com intenção de ganhar. Nem que isso signifique terem que se matar um ao outro.- Disse Lanette olhando para mim e para Dylan e do Dylan para mim.

Ela parecia estar mirar-nos para perceber se valíamos alguma coisa, e quando ela fala eu fiquei logo a gostar dele, muito direta e de certeza que podia contar com a ajuda dela.

-Sabe, você tem razão, não vim para aqui ser morta e muito menos por dylan, apesar de que irá ser meio difícil, mas se ele se por a mim, não vou estar com rodeios.

Ela então ordena que nos sentemos a sua frente e eu encaminho-me lá e sento-me.

- Vá, façam lá as perguntinhas do costume.  

Eu queria era saber rapidamente o que podia fazer para ganhar esta merda de jogo e por isso ia começar eu a falar, Dylan não se ia importar… Afinal, os homens neste jogos de fome vão sofrer imenso no que depender de mim.

Bem agora tinha de mostrar o quanto estou interessada a ganhar, mas também mostrar algum respeito por ela, ela ganhou muito nova e neste momento estou agradecida de ter ela como minha mentora e não um homem chato como mentor. Espero que me ajude para conseguir vencer isto e voltar para os meus irmãos e assim comecei a falar.

-Bem, como já deve ter percebido, estou aqui para ganhar, e voltar para junto dos meus irmãos, e para isso eu tenho de ganhar a qualquer custo, pois desde cedo que minha vida foi complicada e sempre me esforcei ao máximo para cuidar dos meus irmãos e agora eles não podem ficar sem mim. – Disse eu muito direta mostrando o que queira. – Ou seja, eu não quero morrer nesta arena.
-Sendo assim gostava de lhe perguntar umas coisas… - Continuei eu a falar pensando muito bem no que dizer. – Eu queria tentar ser muito mais rápida para conseguir pelo menos conseguir chegar primeiro a algum sítio como a carnocópia. Sei que fisicamente tenho uma grande agilidade e gostava de aumentar isso e ate conseguir passar despercebida, mas o que queria também, era perceber as intenções dos tributos ou bestantes e também antecipar movimentos deles, acho que isso me poderia ajudar bastante. Quero estar um passo à frente de todos os outros para ninguém me atacar enquanto estou desprevenida, mas também não quero ser enganada. – Disse eu percebendo que talvez tivesse falado demais. – Resumindo, gostava de saber como poderia ser uma mulher mais astuta e com maior agilidade?

Acho que estava tudo a correr bem mas estava a espera do que a mentora me ia dizer, mas enquanto fazia as perguntas não parava de pensar nos meus irmãos, eles sim, são realmente a minha força, onde me posso prender para que não desista e seja forte o suficiente para ganhar.

-E agora tenho outra questão, desde pequena que não confio nem gosto de homens, dificilmente gosto de um, porque uma pessoa da família uma vez me tentou-me violar e abusar e alguns outros homens pelo que vi traíram a minha família, mas a questão é que eu claramente sou mais fraca que um homem, então eu queria fazer algo para alterar isso, queria ser mais forte para não ser fraca a frente deles e fazer frente a qualquer um. – Perguntei eu tocando num assunto que me fazia muito infeliz. – Assim gostava de saber como poderia eu ficar mais forte e dar a volta a situação ou até concelhos para conseguir-me dar bem em um combate corpo a corpo contra um homem mais forte que eu?

E assim terminei as minhas perguntas e agora esperava que a Lanette me respondesse e me pode-se ajudar. Eu realmente gostei dela e acho que ela podia realmente me ajudar, já que ambas somos mulheres e ela já passou por isto. Olhei para Dylan e vi que ele parecia um pouco nervoso, mas agora estava muito mais confiante, parecia estar pronto para estes jogos.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dylan Matheson

avatar

Mensagens : 35

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Vagão do Distrito 08   Ter Abr 22, 2014 6:41 pm


Dylan Matheson

Estava eu a ser conduzido pelos cabrões dos pacificadores e não parava de pensar em como foram brutos a levar a minha família quando acabou o tempo, que raiva, agora quando chegar a estação tenho de começar a pensar em como conseguir ganhar, e para isso não poderia ter pena de nenhum tributo e tinha de ser forte a tomar algumas decisões.

Finalmente entrei dentro do trem que tinha como destino final, a capital. Na cabine onde entrei havia de tudo do bom e do melhor, e muita comida do qual já me fazia agua na boca pois havia de tudo, e também tinha muitas bebidas incluindo alcoólicas, mas são proibidas para nos. Estava eu a olhar para a cabine e para tudo nele quando vejo alguém sentado que se levanta e parecia muito aborrecida, era uma mulher bastante nova e parecia um tributo, ela chamava-se Lanette Baize, muito conhecida no nosso distrito, gostei dela.

- Aff! Mais um casalinho não, por favor. – Disse Lanette. - Espero que estejam aqui com intenção de ganhar. Nem que isso signifique terem que se matar um ao outro. – continuou enquanto nos olhava fixamente, saltando de mim para Rya e de Rya para mim.

Entretanto Rya fala de uma maneira muito confiante tirando as palavras da minha boca.

-Sabe, você tem razão, não vim para aqui ser morta e muito menos por dylan, apesar de que irá ser meio difícil, mas se ele se por a mim, não vou estar com rodeios. – Disse rya para Lanette.

-Rya tiras-te me as palavras da boca. – Disse eu com um sorriso na cara. – Agora tudo irá mudar.

Agora sim eu tinha de estar confiante, não podia ficar para trás, tinha de dar luta e conseguir ganhar também mesmo que para isso mate rya, mas até a arena podemos ajudar-nos. Depois de nos olhar e ouvir-nos ordene que nos sentemos a sua frente e assim o fazemos.

- Vá, façam lá as perguntinhas do costume.

Rya começa por perguntar primeiro, sem problema, assim ate me ajuda a pensar no que devo dizer, mas mesmo assim já tenho algumas perguntas a fazer, que possivelmente Rya também o irá perguntar, vou ficar atento. Mas enquanto Rya fazia as perguntas comecei a ficar nervoso, tinha de fazer algo e não sabia bem o que dizer.

Rya falou, falou e falou até que finalmente acabou de fazer as perguntas, rya decidida a vencer os jogos e falou muito bem, mas agora era eu que tinha de falar.

- Lanette eu preciso muito de ganhar estes jogos, os meus irmãos precisam de mim como os irmãos de Rya precisam dela, mas eu tenho uma mãe muito doente que sempre nos ajudou nos nossos problemas e ela precisa de cuidados urgentes, e só se eu ganhar é que consigo salva-la e assim ajudar os meus irmãos, e para isso preciso da sua ajuda para conseguir ganhar os jogos.

Estava nervoso, mas tinha de conseguir ajuda com perguntas sabias para ter meios para ganhar.

- Eu nunca fui bom em lutas corpo a corpo, prefiro a distância, eu até tenho uma boa pontaria, mas acho que deveria melhorar ainda mais e utilizar uma arma longa distancia, como poderei aumentar minha precisão?- Perguntei eu sabendo que tinha já uma boa precisão desde pequeno. - Acho que matar um tributo de longe é melhor que arriscar um combate de perto, pelo menos para mim, mas já agora gostava da sua opinião, que arma poderia utilizar?

-Eu nunca fui muito bom agradando as pessoas pois nunca tive muitas amizades porque andava muito ocupado a trabalhar a ganhar dinheiro para sustentar a família. Assim não sei como devo agir, pois sou uma pessoa muito divertida e infantil, devo ser eu próprio ou acha que eu me devo mudar minha maneira de ser? Eu acho que é importante para arranjar Patrocinadores e possivelmente vou mudar quando tiver na arena pois não estou para brincadeiras. – Fiz então a minha segunda pergunta.

Respiro fundo para controlar meu nervosismo, antes de fazer a próxima pergunta e rapidamente pensei naquilo que tinha de perguntar.

- Assim como a Rya perguntou, gostava de ter uma maior capacidade de captar rapidamente as coisas a minha volta, como perceber as intenções dos tributos e também antecipar os seus movimentos para não me apanharem desprevenido nem me enganar. – Disse eu continuando. – Ou seja, gostava de saber como poderia ser mais astuto?

Assim acabei as minhas perguntas e duvidas e assim esperei ao lado de Rya pelas respostas da nossa mentora. Eu achava-a muito nova e bonita, mas será que nos podia ajudar a vencer os jogos? Espero que sim, porque quero ganhar isto.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lanette Baize

avatar

Mensagens : 1
Localização : Distrito 8

MensagemAssunto: Re: Vagão do Distrito 08   Qua Abr 23, 2014 9:00 pm



LANETTE BAIZE


   Ah, ótimo. Afinal esses dois pareciam ter garra para a coisa. Espero que não me desiludam.

Rya,
A agilidade foi meu ponto forte nos Jogos. Se você for dotada desta também, de certeza que passará bem. Mas não abuse da sorte na Cornucópia, não quero passar pela vergonha de ter um Tributo meu morto logo lá. +2 de Agilidade
Pra antecipar os movimentos dos outros e perceber suas intenções, você vai ter que estudar eles primeiro. Aproveite o centro de treino para isso. Perceba os pontos fracos de cada um, principalmente dos idiotas dos Carreiristas. Assim na Arena você estará preparada. Sobre animais não sei nada não, desculpa! +2 de Astúcia
É, também odeio esse negócio de acharem as garotas mais fracas que os homens. Acho muito bem que você queira mudar essa visão! Mas sem cometer loucuras, viu. Use sua razão também. +2 de Força

O garoto começou falando de seus problemas pessoais, o que me irritou bastante. Comecei batendo com o pé para que ele se apresse.

Dylan,
Se você for optar pela longa distância definitivamente, vai precisar mais do que precisão, vai precisar ser astuto também para não se deixar apanhar. Ainda bem que pretender ser mais astucioso, também. Se bem que isso é algo mais difícil de tratar. Tome o mesmo conselho que dei para a Rya. Quanto à precisão, vai ter que praticar isso todos os dias daqui pra frente. +2 de Precisão, +2 de Astúcia
Por amor de Deus, não vá mudar sua maneira de ser por causa dessa porra! É o pior que você pode fazer. Apenas seja você mesmo, pior que uma pessoa pouco carismática, é uma pessoa pouco carismática tentando ser carismática! +2 de Carisma

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Vagão do Distrito 08   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Vagão do Distrito 08
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» No vagão na meia lua.
» Antigo Distrito Uchiha
» Vagão dos Monitores
» R. Connor VS Rezek [O Campeonato do Ócio]
» Vagão da Corvinal

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
67º Edição Anual dos Jogos Vorazes :: Distritos :: Viagem à Capital-
Ir para: