67º EDIÇÃO ANUAL DOS JOGOS VORAZES
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Treinamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lennox Wave
Admin
avatar

Mensagens : 275

MensagemAssunto: O Treinamento   Dom Abr 06, 2014 2:18 pm



SALA DE TREINAMENTO



Aqui você dedicará boa parte do seu tempo treinando. Você poderá adicionar habilidades ou perícias dependendo de seu desempenho.

Também será possível aumentar em dois pontos os seguintes atributos: Agilidade, Precisão, Força, Resistência.

Habilidades disponíveis para aprendizagem:

~ Camuflagem
Habilidade de conseguir se ocultar no ambiente facilmente.

~ Caça
Habilidade de conseguir encontrar animais e matá-los mais facilmente.

~ Combate Corpo-a-Corpo
Habilidade de saber desferir golpes sem armas, atingindo o inimigo com golpes vindo do seu corpo.

~ Confecção de Armas
Habilidade de criar armas a partir de matéria prima, como madeira e ferro.

~ Escalada
Conseguir escalar árvores, paredes rochosas, lugares altos, etc.

~ Identificação de Alimentos
Habilidade de identificar se o alimento é bom ou não para o consumo.

~ Medicinal
Habilidade de saber produzir curativos para curar pequenos ferimentos.

~ Natação
Habilidade de nadar.

~ Rastreio
Habilidade de rastrear o alvo a partir de rastros deixados por ele. (apenas rastrear tributos)

~ Furtividade
A arte de caminhar em silêncio e permanecer nas sombras. Furtividade também serve para escapar de cordas, correntes, algemas ou outras amarras.

~ Armadilhas
Habilidade de dominar cordas, redes e outros objetos potenciais a serem transformados em armadilhas tanto para tributos como para animais.

Armas:
~Picareta
~Lança
~Machado de mão
~Mangual
~Martelo
~Tridente
~Adaga
~Zarabatana
~Arco
~Bésta
~Agulhas
~Facas
~Porretes (Clava, clube, tonfa e maça)
~Lançamento (Chakram duplo, chakram normal, shurikens, boomerang (normal e com lâmina), chakram triplo)
~Foices (Foice redonda, foice normal, foice kujang)
~Facões (Cutelo, Bolo, Kukri, Machete)
~Chicotes (Chicote normal, chicote de corrente)
~Espadas (Naginata, espada normal, Banabas, Katana, Gladio)

Tome em conta a página de armamento para saber como funcionam as armas. Relembrando: Você pode aprender uma arma de um certo agrupamento - por exemplo, você escolhe o cutelo do grupo dos facões - você saberá utilizar todos os tipos de facões dentro do grupo, mas será de longe melhor com a que escolheu. Lembre-se também que existem certas combinações de armas que lhe darão habilidade com outras cuja aprendizagem no centro de treino não é possível.

Depois que decidir quais habilidades/armas você deseja, escreva aqui embaixo quais são. Vocês podem escrever textos para os quatro treinamentos descrevendo como foi e o que você fez para conseguir aquela habilidade/perícia, assim como também podem apenas escrever quais deles vocês querem. Mas lembrem-se: se fizerem o treinamento completo, maior será a sua nota no final.

Você poderá também interagir com outros tributos no treinamento, mas de preferência faça isso no tópico de interações. Caso deseja se aliar a alguém, escreva um texto sobre algum dos seus treinamentos e nele faça algum diálogo entre o seu tributo e o tributo que você queira se aliar. Não deixe evidente que os tributos fizeram uma aliança, isso só será decidido quando vocês entrarem na Arena.

Por Exemplo:
Peguei o machado e ouvi as instruções do instrutor sobre como usá-lo. Depois, arremessei em alguns alvos parados. Depois que eu consegui me habituar com a arma, o instrutor acionou os alvos em movimento. Eram mais complicados, mas com o tempo eu consegui pegar o jeito e quase não errar.


OBS. São permitidos treinar no máximo QUATRO habilidades/conjunto de pontos/ armas.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://67hungergames.forumeiros.com
Silver Ham

avatar

Mensagens : 45

Estado
Fome:
85/100  (85/100)
Sede:
100/100  (100/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qui Maio 01, 2014 4:44 am


The Adventures of Silver Ham

    Ahhhhhh!!!! É hoje! Levanto ao salto e corro para me vestir. Na noite pós desfile senti um baita enjoo por ver o peso dos meus concorrentes. Preciso ser tão rápido quanto eles, e para isso, uma super dieta dos três dias. Comerei somente o necessário e correrei muito. Preciso garantir o pão de cada manhã naquela arena.

    - Amaia! - sente-se. Convido-a para o café da manhã. - Hoje é o dia do treinamento, acredito que não precisaremos de aliados, certo? - pergunto a ela. - Vou partir para lá, já!

    Vejo Atticus antes de eu sair e sorrio para ele - Obrigado Atticus. Você é minha inspiração para meu treinamento. - Fecho a porta e corro para o treinamento.

    Chegando lá vou direto para uma área um pouco isolada e fico correndo sem parar durante um longo período de tempo. Tributos vem e vão, mas eu quero, eu posso e eu consigo. Pergunto a uma mulher se há um modo rápido de emagrecer e ela me diz para comer e vomitar. Isso não me parece muito saudável. De qualquer forma, o melhor que posso fazer é treinar minha agilidade e me manter ligado a tudo.

    No dia seguinte caminho em direção ao treinamento de chicotes, mas um bom e longo pensamento passa por minha cabeça, com isso, uma dúvida ainda maior. Treinar facas ou chicote? Sabendo utilizar facas eu seria bom com alvos a curta e média distância, mas o chicote poderia me ajudar com bestantes, mas como fazer bom uso de bestantes utilizando minha faca? Isso não fazia sentido na minha cabeça. Eu precisava pensar e rápido.

    Vou até o stand de chicote e peço para a moça me ajudar a usar. De alguma forma eu já simpatizava com a arma e acabei pegando o jeito rapidamente. O chicote era normal, nada muito exótico como o chicote de corrente. Depois desse stand, fui direto para o stand de Armadilhas.

    Para sobreviver será necessário eu estar pronto para quaisquer coisas, ou seja, preciso praticar técnicas com a corda e quaisquer outras coisas que possam me ajudar a montar uma armadilha para o inimigo. Nada como umas horas treinando cordas e armadilhas para relaxar, depois disso voltei a correr. Preciso da minha boa agilidade.

    Agora por último, mas não menos importante, não vejo nada melhor do que aprender a me camuflar para esconder. Se eu quiser montar uma boa armadilha, preciso depois disso ou saber como desarmar uma, ou como esperar pelo inimigo. Fiquei horas pintando meu braço e corpo ( e olha que é um grande corpo ), até que me adaptei com a técnica e logo isso levava apenas minutos. Excelente, seja o que Deus quiser. Pai... Estarei de volta em breve. Mãe e vovó... Me guardem.

    RESUMO:
    +2 Agilidade;
    + Per. Chicote Normal;
    + Hab. Armadilhas;
    + Hab. Camuflagem.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pearl Martini

avatar

Mensagens : 99
Idade : 21
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
90/100  (90/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qui Maio 01, 2014 8:04 pm


Pearl Martini
Está tudo acontecendo tão rápido! Chegamos à Capital, logo em seguida vamos ao desfile, onde parece que chamei bastante a atenção do público, e depois já damos inicio ao treinamento. A senhora que lidera o treinamento nos deu algumas instruções sobre tudo, mas estou mais preocupada em olhar meus adversários.


O casal do '2 parece extremamente perigoso. Menon, do '3, me olha timidamente e lança um sorriso para mim. Me lembro da noite passada quando ele se apresentou de forma tão cordial e gentil. Fiquei tão hipnotizada por aqueles olhos escuros que quase nem consegui falar sequer uma palavra, mas me apresentei e fui o mais gentil que pude. De repente, olho para trás e percebo um garoto olhando para mim. Não sei de qual distrito que ele é, mas ele é muito bonito e tem os olhos azuis, iguais aos olhos do povo do meu distrito. Formo um sorriso no rosto para ele e ele retribui com um sorriso de orelha a orelha. Ele está ao lado de uma garota que se voluntariou, lá do '11. Acho que ele é de lá também. A garotinha do 4 tem o olhar sanguinário, me parece ser muito nova para ter se voluntariado, mas pelo jeito que ela olha me parece que ela é carreirista. Já o garoto do mesmo distrito que ela parece estar menos preparado. Será que eles seriam nossos aliados nesta edição?


Me separo de Gold e dou uma volta pelo lugar. Já sei qual arma eu vou treinar, mas decido dar uma volta para dar uma olhada em tudo. Volto então para o stand de facas e escuto atentamente às instruções do instrutor. Com alguém te ajudando, tudo parece ser mais fácil. E realmente era fácil, até que eu precisaria arremessar as facas em longas distâncias. Eu não tinha força o suficiente. Meu instrutor me recomendou alguns exercícios para que eu conseguisse aumentar a minha força. Não seria fácil, principalmente em 3 dias, mas eu teria que tentar.


Durante algumas horas dos três dias eu tirava algum tempo para treinar minha força. Nunca fui de me exercitar muito, mas eu teria que dar tudo de mim para conseguir isso. Se quisesse voltar com vida, teria que dar tudo o que eu tenho.


Treino com as facas até que eu consiga ter uma boa noção de como usá-las. Minha mira não é 100%, mas consigo acertar quase todos os arremessos, principalmente quando eu terminei meu treino com a força. Me senti mais preparada.


Foco de carreirista, era isso o que eu teria que ter neste momento. Além da força, eu teria que treinar minha velocidade. Meu mentor me instruiu a isso, então é isso que eu farei. Assim como o treino da força, tirei algum tempo para correr em esteiras e desviar de tiros de uma máquina engraçada. Era cansativo, mas me sinto mais veloz e mais capaz.


Durante o tempo que me restava no final da tarde, decidi fazer algo de não muito cansativo. Seguia para o stand de cuidados medicinais e aprendia tudo o que eu pudia ali. Parece que o instrutor ficou tão maravilhado com a minha delicadeza e vontade de aprender que ele até me deu algumas dicas extras. Ele era realmente um amor! Muito educado.


E foi assim o meu treinamento, durante esses 3 dias. Fiz um cronograma e alternei por esses 4 stands até o final do treinamento. Agora me sinto bem mais preparada.

Resumo:
- +2 de força.
- +2 de agilidade.
- Perícia com Facas.
- Habilidade Medicinal.


I'm just a holy fool
Oh, baby, he's so cruel!
But I'm still in love with Judas, baby...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Scarlett Lootmak

avatar

Mensagens : 61
Idade : 21
Localização : Distrito 9

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qui Maio 01, 2014 9:39 pm


Scarlett Lootmak
O treinamento começa. Me sinto nervosa, principalmente por ter que conviver tão pacificamente com pessoas que podem ser as responsáveis pela minha morte. Isso é ridículo! Iremos nos matar daqui a alguns dias e temos que fingir que nada acontecerá. Hipócritas!


Não quero ficar perto de Matthew durante o treinamento. Não fará bem para qualquer um de nós. O melhor é ficarmos separados e fingir que não ligamos um para o outro. O Distrito 9 não tem experiências boas com tributos que ficaram juntos como aliados. Os Carreiristas sempre nos caçam primeiro, não sei o porquê, mas eles sempre fazem isso. Com a minha mãe aconteceu isso, mas ela conseguiu vencer, sem tirar o fato de que a arena a ajudou muito. Talvez seja porque somos muito resistentes e fortes (coisa que eu não sou), então talvez representamos uma ameaça para eles...


Começo andando pelos stands até que um me chama a atenção. Era o stand de treinamento de luta corporal. Havia dois treinadores: um homem e uma mulher. Eles foram bem atenciosos comigo e explicaram o básico, até que começamos a treinar. Sou esperta e rápida, então peguei o ritmo rápido. Desviar dos socos não fora difícil, já que eu tenho a facilidade de perceber o que vão fazer antes mesmo que façam. O treinador disse que isso me ajudará bastante na arena. Perco o dia inteiro ali, até que percebo que só luta corporal não me ajudará muito em eliminar a concorrência. Eu preciso ver como os arcos daqui são.


Durante o final dos dias de treinamento, eu treino com os arcos. Eles realmente são bem diferentes dos que eu tenho em casa, e, mesmo que os outros vejam, foi importantíssimo que eu treinasse com os arcos daqui. Mas para que não ficasse muito óbvio que eu sei usar a arma, eu miro em lugares que qualquer pessoa pensaria: "Puta merda, garota, desiste disso aí e vai pegar uma espada!. Miro nas bordas dos alvos, nos braços dos manequins e até na parede, mesmo que isso deixe o instrutor doido de raiva quando eu quebro as flechas.


Também treino escalada no paredão. Escalar é cansativo, mas é muito emocionante. Enquanto escalo, treino luta corporal lá de cima. Finjo que tem alguém me perseguindo e sempre tento subir mais rápido que meu adversário. O instrutor deve achar que sou louca pelo modo que me comporto. Não é hora de ficar se preocupando com o que os outros acham, eu preciso fazer de tudo para sobreviver.


No último dia, decido não chamar muito a atenção. Fico mais na minha, observando a massa, e passo de stand em stand fingindo que estou prestando atenção para que ninguém me note. É claro que escolho os stands mais nada-a-ver que consigo. Identificação de alimentos. Camuflagem. Tiro com zarabatana. Por deus! Quem usa zarabatana?! Uma arma tão ridícula e infantil! Se você já não estiver preparado para o tiro, você morre. Até a pessoa preparar o veneno no dardo, colocar na arma e assoprar pra atirar a pessoa já o alcançou e o matou! Até o Ronnie conseguiria derrubar uma pessoa assim com uma pedrada na testa. Por último, passo no stand de furtividade e decido aprender tudo sobre aquilo. É meio complicado, mas eu consigo pegar as coisas rapidamente e aprendo tudo o que posso em tempo recorde. O instrutor ficou muito feliz com meu desempenho, assim como eu me sinto bem mais confiante no final do treinamento.

Resumo:
- Habilidade Corpo-a-corpo.
- +2 de precisão.
- Habilidade Escalada.
- Habilidade Furtividade.


When I'm on a mission
I rebuke my condition
If you're a STRONG FEMALE
You don't need premission
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matthew Strongarm

avatar

Mensagens : 38

Estado
Fome:
70/100  (70/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sex Maio 02, 2014 2:44 am

Matthew Strongarm escreveu:


Matthew Strongarm


    Hoje é o dia do treinamento, e eu já tinha em mente o que gostaria de treinar, e com certeza espada estava na minha lista de treinamento.
    Mas vou tentar treinar apenas a defesa e um pouco do ataque, não quero me tornar um assassino,mas uma hora ou outra irei ter que matar alguém para proteger a Scarlett ou o Ron.
    Começo indo em direção da escalada, havia um paredão enorme, começo a subir e no começo enfrento umas dificuldades e enquanto eu subia, o instrutor começou a escalar, como se ele tentasse me atacar.
    Comecei a escalar mais rápido, meu pé pisava no lugar errado e eu corria o risco de cair a qualquer momento.
    Cheguei no topo, cansei bastante mas pelo menos conseguir escalar o paredão.

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

    Após da escalada, caminho em direção do treinamento das espadas, havia duas filas e no meio havia um palco grande, um tributo por vez subia para enfrentar o instrutor.Os tributos que iam na frente, eles tinham um bom resultado com esse treinamento.
    Pego um bastão e começo a lutar, o instrutor era parido, ele me acertava bastante, acabei caindo no chão, e isso é fatal na arena.
    Então me levantei e partir para o ataque, era hora de parar de agir como uma criança e apenas se defender.
    Com movimentos rápidos eu começo a dar golpes nas pernas e nos braços do instrutor, ele se desfiava bastante mas eu conseguia acertar sua barriga e seus membros uma vez que outra.


    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *


    Estava cansado, então decidir parar num canto inconstado na parede observando cada tributo, e cada movimentos que cada um fazia, isso seria importante na hora que eu enfrentar eles.
    Passou um pequeno periodo de tempo, então decidir ir treinar algo diferente, algo que eu não fazia ideia do que poderia aprender.
    Decidir ir aprender a fazer curativos, caminhei ate umas mesas e lá havia todo o tipo de ervas medicinais,curativos,produtos para limpar machucados.
    Havia uma especie de um corpo na mesa,parecia muito real para mim,tinha movimentos e tudo, comecei pelo que tenho conhecimento, peguei esparadrapos e um produto para limpar a arena machucada, quando coloco o produto no corpo,ele começa a se mexer e se contrair de dor.
    O meu instrutor me alertou que devemos sempre limpar o machucado e tentar cuidar dele o mais rapido possivel.
    Passei um pouco de água que havia ao meu lado, depois disso passo uma pomada no machucado e começo a cuidar dele,prestando atenção a cada movimento que meu instrutor falava.
    No final, consegui cuidar dos ferimentos, meu instrutor disse que eu havia me saido bem, mas era bom eu treinar assim que eu puder.
    Estou bem confiante, e espero que Scarlett e Ron tenham se saido bem.






    Resumo:
    -Espada
    -+2 de agilidade
    -Habilidade Escalada
    -Habilidade Medicinal




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gregório Vaccari

avatar

Mensagens : 19

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sex Maio 02, 2014 3:20 am



Gregório Vaccari

Depois do primeiro dia, feito para entreter os patrocinadores, seguimos para a sala de treinamento. Uma mulher nos dá algumas instruções e logo nos libera para treinar.

  Observo ao longe alguns tributos. A garota do 1, ao contrario dos outros tributos do 1, 2 e 4, parece muito gentil, característica totalmente fora dos padrões carreiristas. Eles sempre passaram um ar de superioridade.

  Então sigo para o treinamento. Três dias são pouca coisa, preciso expandir minhas habilidades ao máximo se quero sair vivo da arena.

  Vou para o estande de arco e flechas. Essa arma é minha melhor chance, levando em consideração minha precisão. Ouço atentamente as instruções e apanho um dos arcos. No início tenho dificuldades com minha postura, mal sei posicionar as pernas para ter um desempenho melhor, mas com o passar do tempo acabo por dominar a técnica. No primeiro dia, treino com alvos parados, até me acostumar com a força do arco e pegar o jeito dos tiros, para depois, usar alvos que se moviam. Me acostumo rápido com o arco, sendo que ele é muito mais confortável de se usar quando comparado ao meu velho e bom estilingue, que vez ou outra nos dava uma carne para a refeição.

  Percebo que apenas minha precisão não me salvaria de um confronto a curta distância e, além de tudo, terei que brigar pelo arco na cornucópia. Sigo para o estande de combate corpo-a-corpo. O fato de não ter ninguém treinando aqui quando chego, faz com que o instrutor tenha mais tempo para mim. Ele logo percebe que minha força é insuficiente para um combate e me aconselha a tentar ao máximo ganhar força, caso contrário, eu deveria procurar outros estandes.

  Dedico então um pouco do meu tempo nos treinamentos de combate corpo-a-corpo para aumentar minha força, praticando com socos e chutes no saco de pancadas.

  Outro estande me chama a atenção. Quando nos machucávamos, Lisa era quem sabia quais plantas utilizar no curativo, isso me faz perceber a importância de se saber cuidar dos ferimentos. Imediatamente começo o treinamento medicinal. Começamos por coisas simples como identificar os remédios certos para queimaduras, cortes, entre outros. E avançamos para coisas tão complexas quanto a remoção de uma flecha, ou a costura de um ferimento aberto.

  Durante os três dias apenas observo os tributos de longe. Suas fraquezas, pontos fortes, olhares. Não tomo iniciativa alguma, apenas permaneço na minha, com o olhar e postura firme, focado.
 
 


Resumo:
- Perícia com arco
- +2 de força
- Habilidade combate corpo-a-corpo
- Habilidade medicinal.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gold Baertoni

avatar

Mensagens : 75
Idade : 23
Localização : Distrito 1

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sex Maio 02, 2014 5:03 am

Gold Baertoni


    Hoje é o grande dia! Treinamento. Caramba, quanto eu não esperei por isso. Finalmente posso montar o time que irá para cima de tudo e todos na cornucópia. Poderei treinar melhor alguns atributos e aprender coisas novas. Terei três longos dias para fazer isso!

    Pearl parece estar se divertindo no treinamento. Ela tem sido bem vista por aqui, não só aos olhos do público, mas também aos olhos dos garotos. Bom, ela que aproveite muito isso! Com certeza tem alguns caras legais por aqui. Infelizmente estamos a caminho de uma arena, esse pensamento me deixa mesmo chateado. Mas foi para isso que me preparei anos e anos, estou finalmente pronto para mostrar do que sou capaz.

    No primeiro dia vou simplesmente treinar minha velocidade e agilidade. Noto um gordinho treinando o mesmo e se preparando físicamente. Sou quase duas vezes mais rápido que ele. Começo a correr e treinar esquiva e velocidade para atingir certo alvo. Quero atingir a perfeição. Mas velocidade sem força não é velocidade.

    Força sem velocidade também não é força. Depois vou treinar meus socos e chutes em sacos de pancadas. Realmente preciso melhorar minha força. Noto um garoto do Distrito 5 treinando sua força também, me parece ser amigável. Vejo Pearl separando um tempo dos seus três dias para treinar sua força e faço o mesmo. Além de treinar a minha, eu poderia ajudá-la a treinar a dela. A loirinha com certeza está pegando o jeito bem rápido!

    Durante os três dias me divido em dois stands apenas. O stand de rastreio e o stand de escalada. Com certeza eu precisaria dessas habilidades caso quisesse ser um bom sobrevivente e encontrar alguns adversários, ou então saber que eles estão próximos e escondidos.

    Durante o treinamento com rastreio notei que eu era extremamente preciso com as pegadas e marcas deixadas por pessoas ou algo. A instrutora me ajudou muito a encontrar pequenos rastros de quem pode até mesmo andar nas sombras. Acho que o treinamento de escalada fora mais do que útil, pois a qualquer sinal de perigo eu poderia escalar e também ficar ligado a sinais de inimigos. Sem dúvidas grandes qualidades. Ainda mais com minha parceira de distrito sabendo usar medicinal, caso estivéssemos em perigo, ela com certeza será de grande utilidade.

    Resumo:
    +2 Agilidade;
    +2 Força;
    + Hab. Escalada;
    + Hab. Rastreio.



A choice. A promise. An act.  
Can change your future. Forever

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ronnie Magrow

avatar

Mensagens : 40
Localização : Distrito 12

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sex Maio 02, 2014 12:25 pm


Ronnie Magrow
Hoje eles nos colocam para brincar. Uma mulher séria e bonita nos fala algumas regras e depois nos fala que podemos ir. É tudo tão legal e bonito aqui! Eu queria brincar com todas essas armas, mas não me parece ser muito seguro. Fico com medo depois que vejo alguns adultos brincando com elas. Vejo Scarlett ao longe lutando, dou um sorriso pra ela, mas ela nem vê. Queria tanto ser amigo dela. Fico vendo algumas pessoas brincando e decido que é a minha vez.


Acho uma máquina muito engraçada, com um homem muito simpático ajudando as pessoas a brincar nela.


- Você quer tentar também? - ele me pergunta, com um sorriso. Ele é legal. Sorrio e faço que sim com a cabeça.


O jogo começa. É bem fácil. Eu só tenho que correr e desviar das bolinhas que vêm em minha direção. Nenhuma me acerta! Isso é muito fácil! Depois, ele me coloca pra correr em um negócio que não me deixa ficar parado e nem dá pra descansar. Começa a ficar chato e eu falo pra ele que não quero mais. Ele parece ter ficado triste, mas falo pra ele não ficar triste porque eu vou voltar todo dia aqui pra dar oi pra ele. Parece que ele ficou mais animado. Aí durante os três dias eu passei aqui e brinquei um pouco pra deixar o homem mais feliz.


Vejo um outro lugar bem legal. Parece que é pra gente subir. Eu sempre tive vontade de brincar nas árvores e escalar atéééé lá em cima, mas mamãe e papai nunca deixaram. Eles sempre me falaram que era perigoso e que se eu me machucasse eles não teriam como cuidar de mim. Mas aqui eu posso! Se eu me machucar, essa gente legal me ajudará. Vou pulando até a mulher que cuida do brinquedo e peço pra brincar nele. Ela aperta minha bochecha e me ajuda na brincadeira. É legal e fácil, mas é mais fácil escalar na árvore do que na parede. Então eu fico lá o dia todo brincando de subir na árvore.


No outro dia, eu vejo as pessoas vendo umas comidas bonitas. Vou até lá e começo a olhar tudo e aprender sobre as frutinhas, verduras e até uns insetos que falaram que são comestíveis. Eu não sabia que dava pra comer esse tanto de coisa! É divertido, de modo que fico ali o dia todiiiiiinho.


Me falaram que é o último dia para ficarmos aqui. Eu queria passar mais dias, mas eles falaram que não pode. Vou caminhando, um pouco triste, em todos os lugares até que vejo uma mulher cuidando do machucado de um garoto.


- Tadinho! Ele se machucou? - eu pergunto pra ela.


- Não, querido, só estou ensinando-o como fazer curativos.


- Que legal! Eu também quero aprender!


Pego algumas coisas e começo a fingir que estou cuidado de algum machucado. A mulher vem e me ajuda a cuidar do meu machucado de mentirinha. Ela é boa na imaginação! Ela me mostra tanta coisa nova e legal que eu fico lá o dia todinho com ela. Vou sentir saudades dela quando me levarem para a arena.

Resumo:
- +2 de agilidade
- Escalada
- Medicinal
- Identificação de alimentos


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valentine Blakewood

avatar

Mensagens : 30
Localização : Distrito 7

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sex Maio 02, 2014 8:08 pm


Valentine Blakewood
Chegou o dia do tal treinamento. Eu e Icarus seguimos então para o térreo para que pudéssemos aprender "as artes de sobrevivência". Três dias de treinamento são tão úteis quanto um fósforo no mar...


Depois de liberados para o treinamento, vou até o stand de luta corporal e começo a aprender os golpes básicos. O instrutor me ensina a me mover mais depressa e diz que quanto mais rápido eu conseguir acertar o golpe, melhor para mim. "Não é só força, a técnica ajuda MUITO!, ele me disse. Então começo a me mover com mais rapidez e percebo que não é tão difícil assim a luta corporal. Só fica difícil quando é para lutar com o instrutor. Como na arenas não há regras e o treinamento é para nos prepararmos para o massacre, possivelmente a simulação de batalha também não tem regras. Vou com toda a minha agressividade para cima do treinador e só para de lutar quando sinto que já estou preparada. Qualquer um que entrar no meu caminho, vai sair bem feio... Quer dizer, se conseguir sair...


Num outro dia sigo para um stand repleto de pesos e barras de ferro, seria de extrema importância aumentar a minha força nesses poucos dias pré-arena para que eu conseguisse resistir mais aos possíveis ataques. Fico um bom tempo junto da treinadora super musculosa me ajudando a levantar grande parte das barras de ferro junto dos pesos, eu já tinha uma boa força antes devido ao grande número de troncos de árvores que carregava. Agora sim o treinamento parecia surtir algum efeito, estava realmente ficando satisfeita.


Por fim, decido aprender algo muito importante: habilidade medicinal. Não sou boa de mira, então se eu for enfrentar alguém vai ter que ser no braço. Vou ter que estar preparada para qualquer imprevisto dentro da arena, e ficar machucada não é opção. Já vi tributos fortes morrerem por um arranhão de nada. Não quero morrer por uma infecção idiota. Fico ali até aprender tudo o que preciso. Acho que meu treinamento foi bem produtivo, ao contrário do que eu achei antes de começar tudo.

Resumo:
- +3 de agilidade
- +1 de força
- Combate corpo a corpo
- Medicinal




Última edição por Valentine Blakewood em Seg Maio 05, 2014 11:08 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menon

avatar

Mensagens : 23
Idade : 22

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
60/100  (60/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sab Maio 03, 2014 8:57 pm


Menon

Minha cabeça estava um turbilhão. Mil idéias me passaram pela cabeça. Inúmeras vezes, ponderei a proposta de não matar ninguém por minha tia, mas parecia absurdo demais entrar completamente despreparado naquela arena. Eu precisava ao menos conseguir me defender.

No primeiro dia vi Pearl de longe, ela parecia decidida em aprender. Estava disposta a enfrentar o que lhe aguardava. Me fez sentir um covarde só por pensar em não matar ninguém para defender a minha existência. Eu não queria me sentir assim, e daria um jeito de dar um sumiço nessa sensação.

A melhor opção era continuar a optar por minha capacidade de suportar as adversidades. Eu treinei o máximo que pude, nos dias que se seguiram, minha resistência. Aprendendo mais a me defender do que atacar. Consequentemente, pessoas resistentes não costumam ser fracas, e precisei aumentar a minha força, treinando com pesos e instrutores, que me aconselharam a lutar corpo a corpo e usar ao máximo meus pontos fortes.

Por alguns minutos ponderei a idéia de não usar uma arma, mas o que eu faria desarmado em uma arena com assassinos profissionais?

Caminhei por entre as armas e decidi me familiarizar com os facões, a manchete foi o tipo com que me dei melhor. Dediquei-me a treinar com ela o máximo que pude, evitando o pensamento de que não a usaria por nada. Isso não daria certo.

Resumo:
- +2 resistência
- +2 de força
- Hab. combate corpo-a-corpo
- Per. facões (Manchete)


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alden Yeda

avatar

Mensagens : 17
Localização : Distrito 11

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Sab Maio 03, 2014 9:29 pm


Alden Yeda

Cheguei no treinamento preparada pra aprender a matar gente, mas tudo o que encontrei foram alvos e gente chata metida a professor. Eu não iria bater em ninguém real, e não acho que conseguiria. O melhor que podia fazer era treinar até que o ponto principal da festa estivesse ao meu alcance.

Seria demais: Alden Yeda vence os jogos após matar todos os tributos no banho de sangue.

Pra matar todos de uma vez precisava ser a mais rápida de todos, então fui correr. Me deparei com um gordinho deprimente que só faltava colocar os bofes pra fora enquanto tentava correr.

― Veja pelo lado bom ― falei para ele, enquanto corria sem muita dificuldade ― Você pode comer um pedaço da sua perna se estiver com fome, e ainda vai ter de sobra pra correr... ou tentar. ― Não consigo prender a gargalhada e quase acabo caindo da esteira. Me recomponho e saio de lá fingindo que nada aconteceu.

Olho algumas armas e analiso o arco, mas sou magra, pequena demais, deveria encontrar algo mais adequado a mim. Então vejo um arco pequenino, que é disparado de forma mecânica. Um instrutor se aproxima e me diz que se trata de uma besta. Então decido usá-la.

Eu era até boa demais na mira, melhor do que imaginei, mas meu instrutor falou que eu poderia melhorar esse aspecto, e não pensei duas vezes antes de aceitar a sua ajuda. Enquanto ele lançava alguns objetos no ar, eu tentava acertá-los.

― Você é magra... pequena... ― disse meu instrutor, que parecia ser uma montanha musculosa.

― Quem você pensa que é pra...

― Eu só quero dizer que não se dará bem ser lutar corpo-a-corpo com alguém. Precisa dar um jeito de se safar de conflitos e confrontos físicos. Nada melhor pra ajudar nisso que uma boa escalada.

Eu sorri. Eu me tornaria mesmo uma pequena arma letal. Vitória, aqui vou eu!

Resumo:
- +2 de agilidade
- +2 de precisão
- Per. Besta
- Hab. escalada

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Amaia Haddock

avatar

Mensagens : 55
Idade : 18
Localização : Distrito 10

Estado
Fome:
80/100  (80/100)
Sede:
100/100  (100/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Dom Maio 04, 2014 7:14 pm






Amaia Haddock



O treinamento.. que faço eu aqui? Eu não devia estar aqui... Eu não quero vir para aqui! Sr. Fletch me convenceu que pode ajudar nalguma coisa, mas agora que aqui estou, e vejo os outros tributos, mais velhos, mais fortes, mais capazes, e sem problema algum em matar... fico angustiada.

Tenho que aprender alguma coisa aqui ao menos...

Ando de um lado para o outro, mas acho que é inutil.. Silver parece estar se esforçando, se alguém do 10 ganhar será ele e não eu..

O posto da furtividade me prende a atenção. Se ninguém me notar ou me ouvir, não podem me apanhar para me matar. Fico lá o primeiro dia todo, não sai de lá até conseguir caminhar sem fazer um único ruido!

No segundo dia, tentei uma coisa mais fisica, escalada. Que melhor esconderijo que as alturas? Ou no topo das montanhas, caso haja? Independentemente do tipo de arena, sempre deve ter algo alto para ser trepar. Tento trepar a primeira parede mas logo caiu. Ao sentir o meu corpo embater no chão sinto as lágrimas a me escorrer nos olhos. Não que tivesse doido. Já dei quedas em cavalos que foram bem mais dolorosas.

Mas aquela queda despertou em mim, novamente a realidade inevitável. Que eu não estou apta para sobreviver ao que quer que seja ai vem. Podiam por uma arena com o deserto do distrito 10. Ainda assim eu seria a primeira a cair. Tento mais uma vez. Acabo conseguindo trepar, mas as lágrimas não param.

A instrutora vem até mim, ver o que se passa. Mas só me provoca um ataque de choro maior.

"Mais valia morrer já" Penso para mim. Então um rapaz mais velho se aproxima e se apresenta como sendo do distrito 11. Ele tenta me acalmar, e não sei o que esse garoto tem, de facto resulta.

Decido passar o último dia a aprender uma arma, aquilo que eu não queria. Acabo por seguir o conselho de Atticus e aprender a zarabatana. Mas minha precisão era péssima. Me tomou muito tempo a conseguir melhorá-la nem que fosse só um pouco

Resumo:
-Furtividade
-Escalada
-+2 de Precisão
-Zarabatana






Ninna nanna ninnaò questo amore a chi lo do
Lo do a te finché vivrò e a nessun altro lo darò
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emma Iverwellar

avatar

Mensagens : 48
Idade : 21
Localização : Distrito 2

Estado
Fome:
90/100  (90/100)
Sede:
40/100  (40/100)
Saúde:
80/100  (80/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Dom Maio 04, 2014 10:34 pm




Emma Iverwellar






Hora de mostrar quanto valho! Assim que chego no centro de treinamento vou logo para as bestas! Pego numa daquelas lindas e começo a a atirar nos alvos. Só para verem que aqui eu não vou falhar. Creio que o cara do Um entendeu pois veio logo me pedir para liderar a aliança carreirista com ele. Gosto assim!

Decido seguir o exemplo do Goldináceo. De nada me vale a precisão se me capturarem logo no principio. Treino a minha agilidade e velocidade. Poderia ser cansativo se não fosse tão divertido. Treino de agilidade sempre foi algo que gostava de fazer. Pondero em aumentar a força. Mas com minha agilidade e minha precisão creio que não será necessário.


Próximo posto; confecção de armas. Nada me garante que a cornucópia tenha bestas e como não sou das preferidas aqui, melhor prevenir que remediar. E até que não é mau fazer isso. Aprendi a fazer um arco, mesmo não precisando disso, e a fazer uma besta. É mais complicada, por ter o mecanismo, mas depois de algumas vezes e de umas coisas que não se podem chamar de bestas, inuteis, tomei-lhe o jeito.

Depois decido aprender a fazer armadilhas, e por fim rastreio. Posso não ser das preferidas, mas é certo que serei das melhores matadoras dessa edição!






If I fail I'll fall apart.
Maybe it is all a test.
Cuz I feel like I am the so worst
So I always act like i am the best
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Margo Roth

avatar

Mensagens : 30
Idade : 22
Localização : Distrito 12

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Dom Maio 04, 2014 11:46 pm



MARGO ROTH



Entro no centro. Tudo que vejo me deixa com raiva, o que não é uma grande novidade. Encontro tributos tentando se exibit com suas habilidades e outros que, assim como eu, não conseguem fazer nada. Olho para um grupo de tributos que parece estar fazendo uma espécie de luta, me interesso instantâneamente pelo assunto e vou experimentar. É bem divertido e me intretemho durante a maior parte do tempo. É legal poder socar alguém de vez em quando. Combate corpo-a-corpo é realmente divertido.

Após cerca de uma hora, me retiro do combate corpo-a-corpo e vou procurando por armas e coisas do tipo. Vejo uma estante cheia de adagas. Nunca vira uma adaga pessoalmente, mas me identifico com a arma. Pego-a e logo uma instrutora vem me ajudar. Ela me diz como usa-la e em seguida me dirige a uma sala onde homens, usando roupas especiais, me atacam, enquanto tenho que ataca-los de volta com a adaga. A princípio, sou um desastre e ganho uns novos machucados feios. Mas após algumas horas, consigo me aperfeiçoar e machucar a maioria deeles. Gostei e não me arrependi de ter aprendido a usar uma destas. Mas chega de armas, provavelmente não usarei mais de uma arma na Arena.

Penso nas coisas mais essenciais dos jogos e logo, duas palavras surgem em minha cabeça. Água e comida. Foco-me na comida. A caça seria perfeita para encontrar animais e me alimentar dos mesmos. Vou para o setor da caça, e percebo que será difícil aprender tudo sobre o assunto nestas poucas horas que me restam. Me enganei. A caça, apesar de complexa, é fácil de ser entendida e logo começa a oraticar. A princípio, como costuma ser, não vou bem, mas em seguida consigo me adaptar e fazer um ótimo trabalho.

Estou quase morta de tão cansada. Não consigo raciocinar direito, mas logo o hora do treinamento acaba e vou para meu quarto. Após um banho fervendo, deito-me em minha cama e logo sinto meus músculos relaxando, percebo o quão bom isso é. Depois já não sinto mais nada, apenas apago de forma que mal consigo sonhar. Queria poder ficar nesta cama para o resto da minha vida.

RESUMO:
-+2 agilidade
-Praticar combate corpo-a-corpo
-Aprender a usar a adaga
-Praticar caça


DON'T GET TO CLOSE IS DARK INSIDE...HERE IS WHERE MY DEMONS HYDE!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Augustus Grace

avatar

Mensagens : 20
Localização : Distrito 6

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Seg Maio 05, 2014 9:10 pm





Augustus Grace



Depois de pensar um pouco sobre o que vou fazer nesses 3 dias, dirijo-me até a instrutora com as facas.

Não só as facas, mas tento conseguir algumas dicas para aumentar a precisão também. Primeira mente foi os alvos parados em distancia média. As facas cortavam o ar surpreendentemente rápido. Quando a instrutora colocou os alvos em movimento, uma única palavra foi o suficiente... Fracasso. Dei um intervalo para as facas e fui melhorar minha precisão.

Acertar bolinhas em alvos ou em buracos foi algo bem estranho de se fazer, mas o instrutor falou algo muito interessante no fim da instrução.

- O importante não é acertar o meio do alvo, e sim, onde você quer acertar. Quem disse que vai ter uma bola vermelha no meio de seus futuros alvos? E quem disse que isso facilita na mira? - Com isso em mente eu volto para as facas.

Passei o resto do dia jogando facas. Comecei acertando as beiradas dos alvos e aos poucos fui centralizando e quando comecei a ter o controle de onde quero acertar, eu mesmo comecei a criar os meus alvos. Fui dormir com os braços doloridos.

No próximo dia foi a mesma batalha para decidir o que vou fazer, mas dessa vez não fico parado em um lugar. Ando olhando outros tributos e a habilidade de furtividade me chamou atenção. Isso seria algo muito útil se algo der errado contra os carreiristas.

Os instrutores aqui são legais, pois o instrutor da Furtividade falou que se eu saísse daqui vivo, poderei usar essa habilidade caso eu chegue em casa de madrugada. Não sei se vou sair daqui vivo, mas bastante coisa vale a pena aprender aqui, mas infelizmente não tenho tempo suficiente e nem probabilidade. A pratica é fácil, mas os detalhes que fazem a diferença. Evitar pisar as folhas secas e galhos, aproveitar o farfalhar das folhas, e se esconder nas sombras. O que me surpreendeu foi que aprendi também a sair de armadilhas.

Antes de voltar para o meu aposento, andei entre os stands para decidir o que vou treinar no último dia. Percebo que não tenho nenhuma habilidade para sobreviver caso eu fique sozinho e vou precisar de alimentos caso isso aconteça. No próximo dia fui direto ao stand de Identificação de Alimentos. Frutas em todas as partes. Algumas até duvidava se era mesmo comestível. Tipos de frutas, ambientes onde crescem, tipos de veneno e que tipo de ervas podem curar.

Resumo:
- Facas;
- +2 de Precisão
- Furtividade
- Identificação de Alimento




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zoey Hendlar

avatar

Mensagens : 18

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 1:18 pm


ZOEY HENDLAR



    Quando entro no centro percebo que é tudo muito bem armado para que possamos treinar cuidadosamente. Pareço estar sozinha em um lugar tão cheio...mas tenho que me concentrar no que irei treinar.

    Sempre me considerei uma garota forte...desde pequena ajudava meu pai a carregar caixas, pois mudavamos bastante de casa. O combate corpo-a-corpo será perfeito para que eu possa aperfeiçoar e melhorar minha força. Conseguirei lutar com poucas ou até nenhuma arma nas horas de sufoco. Vou até o stand de combate corpo-a-corpo. Há uma quantidade considerável de pessoas lá. A moça vai nos explicando como se luta e um seguida, me transefe para lutar com um homem. Sou massacrada no primeiro round, assim como no segundo e no terçeiro, mas no quarto, aprendo a me defender de chutes e socos unsando apenas as pernas e os braços. Após um tempo ja estou pronta para mudar de stand.

    Caminho, caminho e fico maravilhada ao ver o stand de medicina. Quando pequena, minha mãe me levava para o hospital em que trabalha para me ensinar a cuidar de feridas de pequena profundidade. Isso me ajudou muito ao longo da vida, pois sempre amei correr e praticar esportes, e isso ja me gerou muitos machucados. Sigo em direção ao stand e ouço a explicação da moça. Pego o jeito quase que instantaneamente e aprendo mais sobre medicina. Penso até em ser médica se sair viva desta.

    O stand de medicina fora muito útil, mas agora preciso treinar alguma arma...penso em qual pode ser, até que as facas aparecem em minha cabeça. Sempre quis aprender a usar uma, portanto farei isso. Pego uma faca da prateleira e sigo até uma cabine isolada do centro, lá uma série de hologramas aparecem tentando me atacar e a princípio, apenas desvio, até que consigo esfaquear um deles, mas outro aparece e consegue me "matar". Uma instrutora aparece ao lado de fora da sala, ela me chama e me ensina mais do que precisava saber sobre as facas. Fico meia hora ouvindo suas explicações e quando entro na cabine novamente, consigo acertar literalmente todos os hologramas. Me sinto vitoriosa e continuo praticando, até que chega uma hora em que já não me aguento em pé.

    Ao sair da cabine, percebo que todos os tributos ja haviam ido embora, fiquei mais tempo que esperava com as facas. Estou morta de sono, e vou para meu quarto. Não consigo dormir de jeito nenhum, então tomo um banho, em seguida uma caneca de chocolate quente e após certas horas, adormeço pensando no dia de hoje.

    RESUMO:
    - +2 agilidade
    -Treinar Corpo-a-corpo
    -Treinar facas
    -Treinar medicina





Última edição por Zoey Hendlar em Qua Maio 07, 2014 5:04 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dylan Matheson

avatar

Mensagens : 35

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 1:43 pm


Dylan Matheson

Estou ansioso para começar o meu grande e esforçado treino. Tinha de dar tudo por tudo pois este treito é onde eu tenho que me esforçar ao máximo para conseguir arranjar meios de sobreviver na arena e possivelmente arranjar aliados já que a Rya não iria ser.

Chego ao centro de treinamento e já la estavam muitos tributos e muitos outros iria chagar e durante estes 3 dias de treino tinha de decidir o que treinar hoje para assim aproveitar ao máximo tudo. O que me estava a preocupar era que eu não era muito forte, por isso tinha de resolver esse problema, então pensei ir ao treino de combate corpo a corpo, enquanto aprendia algumas técnicas só vendo alguns tributos a lutar conheci dois tributos. Entretanto peço ajuda a um instrutor para me treinar e me ensinar e ai ele ajuda-me mas disse que me podia ajudar mas que não valia muito a pena e que passa-se para outro treino.

Então passei para outro e como eu já estava a pensar que preferia uma luta de tributos a uma certa distancia, pensei que queria aprender e treinar a usar um arco e assim, treinar minha pontaria nele, usando os meios que no centro de treino me preposicionavam. Fui até ao local das armas peguei no arco e comecei o meu treino com um instrutor ao qual pedi ajuda.
O instrutor e eu percebemos logo que esta era a arma perfeita para mim e assim fui lançado minhas flexas nuns bonecos parados. Depois fui evoluindo a dificuldade e nesse grau os bonecos já se moviam e a dificuldade foi aumentando tanto em número como velocidade.

Passei grande tempo a aprender e a treinar a usar arco e assim treinei também minha precisão, ela precisava ser perfeita. Apos o meu treino com o arco decidi treinar um pouco a minha agilidade com a ajuda alguns tributos e outro instrutor.

Depois do treino andei a dar uma volta e passeei por vários locais de treino ate que chegai a um que me chamou grande atenção. Era um local para aprender a habilidade de confecção de Armas onde eu poderia treinar e assim ganhar a habilidade de criar armas a partir de matéria prima, como madeira e ferro. Isso poderia ajudar-me muito caso na carnocopia eu não conseguisse obter o arco, assim poderia faze-lo. Ao pensar nisto fiquei logo ali a aprender. Com um instrutor muito bom que como não tinha muita gente esteve concentrado só em mim. Durante muitas horas ficai ali a aprender aquela habilidade até ter a certeza que era bastante bom pois eu era muito perfeccionista.

Depois de muitos treinos e de procurar novas coisas para aprender decidi por ultimo ir aprender a como identificar os alimentos, e para isso pedi ajuda a um instrutor e a alguns tributos que lá estavam. Esta habilidade era óptima pois assim aumentava as minhas chances de sobreviver caso ficasse sozinho em algum lugar com alimentos desconhecidos e precise me alimentar e também em conjunto com a habilidade Medicinal podia-me ajudar. Assim conseguia ver perfeitamente o que era bom e mau para consumo, os tipos de frutos, onde crescem, alimentos venenosos e que tipo de ervas podem curar.

Assim já com todos os treinos feitos e algumas alianças restava-me continuar a treinar e a melhorar e ate aperfeiçoa-los, e ainda me deu tempo para ir fazer umas experiencias com a minha habilidade de química e melhorar minha habilidade medicinal. Eu realmente me esforcei e vou dar tudo de mim na arena, tenho de ganhar.

Resumo:
• Perícia com Arco
• +1de agilidade
• +1de Precisão
• Habilidade Confecção de Armas
• Habilidade Identificação de Alimentos



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fortisha Volkslet

avatar

Mensagens : 27
Localização : Distrito 6

Estado
Fome:
50/100  (50/100)
Sede:
40/100  (40/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 3:02 pm


Fortisha Volkslet


Ainda me é estranho ter que conviver com o inimigo. Olho para os rostos desses garotos e só consigo ver feras terríveis e crianças inocentes. Às vezes é até difícil diferenciar quem é o quê. Valentine me chamou a atenção; era uma menina bonita e simpática, disposta a me conquistar, pelo visto. Sei que sou alta, forte e tenho minhas experiências em brigas de rua, mas isso aqui é outro nível...

Começo a ir atrás de uma arma para aprender. Como é proibido treinar antes dos jogos, não tenho experiência com nenhuma delas. Talvez com facas, mas, a não ser que meus inimigos se deitem sobre uma tábua de carne e esperem ser fatiados, isso me é inútil. Testo um mangual, mas a corrente atrapalha de mais; uma clava e uma maça também não são tão práticas. Tento fazer movimentos e praticar golpes com elas mas não dá muito certo; parto para outra.

Encontro a arma perfeita na seção de arremessos: uma lança. É leve, prática e meus arremessos são quase sempre certeiros. Me sinto confortável deslizando a mão pela madeira, mirando e acertando os pontos. É isso que preciso.

Quando sinto fome durante o treinamento começo a pensar na arena. Terei que me virar com comida lá. Parto imediatamente para a ala de caça e aprendo melhor sobre como rastrear e capturar presas. Informações muito úteis me são passadas, então me sinto muito mais segura.

O tempo passava rápido, mas ainda vejo todo muito ativos. Decido então começar a treinar não só acertar alvos, mas a desviar de projéteis. Tenho aulas com um instrutor de agilidade e começo a me preparar não só para caçar, mas para como ser caçada. Espero ter sorte e agilidade o suficiente para escapar com vida de meus predadores.

Volto para a cabine quando quase todo mundo já tinha saído. Preciso me empenhar ao máximo - e o farei.

Resumo:


  • + Agilidade
  • + Precisão
  • + Caça
  • + Perícia com Lança






Última edição por Fortisha Volkslet em Qui Maio 08, 2014 4:03 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Electra Kirchhoff

avatar

Mensagens : 15
Localização : Distrito 3

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 3:09 pm


Electra Kirchhoff


Já se passou um mais de um dia e ainda não me deixaram ir para casa. Não sei o que o Luciano está arranjando com essa demora pra gravar a entrega do meu trem...

Sou forçada a entrar numa sala cheia de gente lançando facas e machados pra tudo quanto é canto. Devem estar treinando pro No Limite. Me empolgo vendo o pessoal e tento fazer também. Pego uma clava de uma das estantes e começo a balançar para lá e pra cá, batendo no chão, no instrutor, nas araras (e derrubando armas, acessórios e etc.). Divertido isso, deveria tentar mais vezes.

Reparo em alguns supinos e decido, já que já estou para ali, me colocar em forma. Preciso parecer gostosa na tv, então vou até o canto onde eles se encontram e pego dois, cada um com 8kg. Deito-me em uma maca e começo a levantá-los. Quase morro sufocada quando ambos os pesos caem em cima de mim, MAS NÃO É HOJE QUE ELECTRA MORRE ASSASSINADA POR SUPINOS!

Quando termino, guardo os supinos e vou embora, mas reparo em um instrutor gostoso e decido praticar o que ele ensinava: combate corpo a corpo. Que delicia. Meu namorado cabeludo que me desculpe, mas me jogar no chão e apertar a bunda desse homem sem querer foi o ápice de meu dia.

Perto da saída vejo algumas frutinhas dando sopa e parto para o ataque, mas sou interrompida por uma gorda escrota me dizendo que aquilo era venenoso. Ela começa a me dar uma palestra sobre quais frutas comer e coisas do tipo. Quase vomito na cara dela o café da manhã.

— Gorda inútil da desgraça, querendo que o povo não coma pra sobrar tudo pra ela. Eu hein. Vai fazer uma dieta. Eu deixar de comer não vai te emagrecer, ridícula. – grito, enquanto sou arrastada para fora da sala de preparação e levada de volta para meus aposentos. Não aguento mais esperar o dia do programa. Só tem gentinha aqui.



Resumo:
  • + Perícia com Clava
  • + Força
  • + Identificar Alimentos
  • + Combate Corpo a Corpo








Última edição por Electra Kirchhoff em Qui Maio 08, 2014 3:52 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neptune Sharkprey

avatar

Mensagens : 23
Idade : 21
Localização : Distrito 4

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 4:55 pm



Neptune Sharkprey

Em pensar que hoje seria o primeiro dia de treino não me animou muito, pois, estarei em uma sala com vinte de duas pessoas que estarão mortas, ou vinte e três, se eu vencer. Mas isso está fora de questão, porque obviamente isso não irá acontecer.

Acordo cedo para tentar me animar, mas vejo que nada me anima. Decido tomar um belo banho, enquanto nem havia amanhecido o banho foi um pouco demorado.

Ao chegar à sala de descanso, tanto Mags, quanto Cristalyn estavam ali, já conversando entre si, apesar de não sair nenhum som da boca da vovó Mags. Eu me sentia mal por isso, mas ela é tão doce, não quero a ver sofrer... Só porque ela não consegue falar.

Juntei-me a elas pra tomar café da manhã.

- Bom dia.

Elas parecem dizer o mesmo, tentei tomar o café o mais rápido possível, para não atrapalhar a conversa delas, sai da mesa e fui-me sentar no sofá. Pensando em Maresia, que ainda não havia acordado... Será que ela estaria com medo? Não... Maresia não é disso, isso parece eu.

Não demorou muito tempo e, Maresia já estava ali, presente com todos nós, sentou-se a mesa.

- Bom dia. – Digo, dando um sorriso de tranquilidade, após ter terminado de comer a minha refeição.

- Bom dia, pequena sereia...

O Meu animo não estava muito grande, mas já estava quase na hora. Mags, que acariciou o rosto de Maresia, agora faz o mesmo com o meu, já que o som não sai de sua boca, Cristalyn, logo se apressa a falar.

- Ela disse “boa sorte”.

- Obrigada, Mags. – Vamos, Nep.- Disse Maresia, puxando-me.

- Obrig...
Pegamos o elevador, entramos nele e estávamos quase chegando lá. Os meus pensamentos estavam me deixando atordoado... E se eu já arranjasse confusão no primeiro dia? Não, não... Isso não vai acontecer, Neptune, pensei.

- Pare de se preocupar, vai dar tudo certo, confie em você mesmo, assim como eu confio. – Digo, tentando não parecer meio irritada. – E... Tem mais algo que eu quero lhe dizer. Precisamos ficar de olho em outros tributos, ou seja, procurar aliados.

- Está tudo bem. – Disse eu, mentindo.

Maresia logo se afastou, e eu não havia ideia do que eu iria querer treinar.  Algo á frente me chamou a atenção, algo que era realmente útil para uma possível sobrevivência.  Era o stand de treino corpo a corpo, o que era muito normal em meu distrito. “Carreirista”. Assim como Tobey era, mas não sobreviveu. Maresia deve ser boa em luta, apesar de nunca ter a visto lutando.  Esse dia será focado nisso, mesmo que seja cansativo. E realmente foi um dia cansativo. Eu já estava todo suado.

No próximo dia, o clima já estava um pouco melhor, e eu já tinha ideia do que fazer, com uma ajudinha de Mags, que me deu ideias. Ficarei o dia todo no stand de armadilha, aprendendo todo o tipo de armadilhas possíveis. Ao final do dia, isso deu uma animada em meu humor, transformando-o de mau a bom.

Os próximos e últimos dias de treinamento foram bem conclusivos, tendo em consideração a experiência que aprendi nos dias anteriores. O treino estabeleceu que eu ficasse de boa comigo mesmo, sem desespero, apenas com harmonia. O stand do treinamento de Tridente estava bem vazio, já que apenas pessoas do distrito quatro poderiam treinar. Mas não vi Maresia vir para cá, talvez não se interessasse pela nossa arma, uma arma digna do distrito quatro.  O final do treino foi bem extraordinário, e o treinador me deu umas ajudinhas extras.

Resumo:
- Hab. Corpo a Corpo;
- Hab. C/Armadilhas.
- Tridente.
- +2 de Agilidade.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maresia Aquamurder

avatar

Mensagens : 25
Idade : 19
Localização : Distrito 4

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 5:19 pm


Maresia Aquamurder

Hoje começa o treinamento, serão quatro dias... Longos dias para analisar bem os outros tributos, desde o mais fraco até o mais forte. Acordo focada, não quero dar mole pra ninguém, ao menos que tal pessoa me interesse.

Direciono-me até a mesa para tomar o café da manhã, sou a última a chegar ali, o que me deixou chateada.

- Bom dia. – Digo, dando um sorriso de tranquilidade, após ter terminado de comer a minha refeição.

Os olhares pareciam surpresos, já que Nep, que estava com uma cara de preocupação seríssima. Mags, que se levantou da mesa rapidamente, acariciou o meu rosto, me deu um abraço, por fim, eu fiz o mesmo. Mas não entendi o que ela quis dizer, ao contrair os lábios.

- Ela disse “boa sorte”. – Comentou Cristalyn, por fim, dando-me um longo abraço.

- Obrigada, Mags. – Vamos, Nep.

Pegamos o elevador, entramos nele e estávamos quase chegando lá.

- Pare de se preocupar, vai dar tudo certo, confie em você mesmo, assim como eu confio. – Digo, tentando não parecer meio irritada. – E... Tem mais algo que eu quero lhe dizer. Precisamos ficar de olho em outros tributos, ou seja, procurar aliados.

Por fim, saímos do elevador e nos separamos, a fim de analisar outros tributos, pelo menos é o que eu acho. Mas nada me impede de procurar possíveis aliados. Ao sair por aí, encontro pessoas bem legais, diferentes dos nojentinhos do distrito um. Pessoas realmente agradáveis que não precisam de qualquer coisa para ser gentil. Além disso, a garota do um parece uma mimadinha, que se isso dependesse de grana, obviamente o pai dela compraria, pra ela ganhar.

Já perdi muito tempo observando todos, agora é hora de agir. Há muitas coisas para se treinar, mas eu opto nesse dia, por treinar furtividade. Era algo meio difícil, mas ao longo do dia, fui-me adaptando e se tornou como a natação, simples e fácil. Mas para isso, preciso de um pouco mais de concentração. Afinal, isso é basicamente como se eu fosse uma ninja, vou me mover pelas sombras. Eu não estava satisfeita com isso no final dia, decido que no próximo dia, treinarei novamente, para adaptar-me o suficiente para ser uma expert em furtividade.

Eu ainda tenho mais dois para treinar, ou seja... Mais treino a frente e menos conversa. O stand de rastreio me deixou animada, decido ficar esse e o próximo dia aqui mesmo. Procurando em saber como algum tributo deixa os seus rastros por aí. Depois vem a caçada, ou seja... Eu o atacarei sem chances de sobrevivência.

Resumo:
- Hab. Furtividade.
- Hab. Rastreio.
- +2 de agilidade.
- + 2 de resistência.








Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Creed Zero

avatar

Mensagens : 14

Estado
Fome:
0/100  (0/100)
Sede:
0/100  (0/100)
Saúde:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 5:52 pm

Creed Zero


Por fim o treino tinha inicio, Creed não era muito do estilo de ficar parado pelo que estava desejoso para se começar a mover e fazer coisas úteis. Durante os dias que passaram até ter inicio o treinamento ele reflectira muito bem acerca de quais os seus pontos fortes e pontos fracos. Era certo que o tributo tinha bastante força e uma excepcional habilidade com armas, por isso decidira-se a adquirir novos conhecimentos. Ele olhava em torno do local tentando avaliar quais as bancas que lhe mais iriam interessar, pensando para consigo o que podia fazer para melhorar as suas capacidades durante aqueles dias de treino pré-arena. 


Existia de tudo um pouco ali no local, Armas, alimentos, medicina. Um leque variadíssimo de coisas. Em volta os inúmeros tributos corriam para os postos que mais lhes interessavam não querendo perder tempo ali parados.
Virando uma última vez a cabeça para os diversos tipos de treino que existiam ele teve de tomar uma decisão tinha de escolher quatro.
Ele tinha bastante força para usar porém era bastante mais fraco quando se tocava na agilidade, devido ao seu corpo pesado e forte ele não era própriamente dos mais rápidos, era uma falha dele, algo que ele queria mudar. 
- "Vamos lá..." - defeniu ele virando-se para os postos que mais trabalhavam a agilidade. 


Começou por se especializar em escalada, trepando todo o tipo de superfícies aprendendo a balancear a sua força e o uso da sua agilidade. Seguiu para um posto dedicado Só mesmo para agilidade. 
Porém ainda sentia que lhe faltava algo, nunca fora bom a detectar outros, talvez porque nunca se importara com os pormenores deixados para trás nem tivera necessidade de se preocupar com a existência de mais alguém. Assim Decidiu-se a partir num treinamento de rastreio, a sua inteligência e astúcia mais baixas complicaram um pouco a situação, ele não era uma pessoa que tinha facilidade em aprender as coisas, para além de que era bastante distraído. Com algum esforço lá conseguiu dominar a habilidade. 
Ligada a essa Creed decidiu também treinar a habilidade "contra-rastreio". Aprendendo a Camuflar-se no ambiente o rapaz dedicou-se aos seus pontos fracos, limando as arestas que lhe faltavam para se preparar até à arena. 

Resumindo:
- Treinar escalada
- Treinar agilidade (+2 suponho ^^)
- Treinar rastreio
- treinar camuflagem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rya Lokidottir

avatar

Mensagens : 32
Idade : 21
Localização : Distrito 8

Estado
Fome:
50/100  (50/100)
Sede:
50/100  (50/100)
Saúde:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: O Treinamento   Qua Maio 07, 2014 8:36 pm


Rya Lokidottir

Chego ao centro de treinamento parecia começar a ficar um pouco nervosa e apercebo-me que já haviam alguns tributos, muitos deles homens repugnantes, acho que os treinos deviam ser separados das mulheres, mas e a vida, tenho que aturar a presença deles. Controlei meu nervosismo e prossegui para o meu treino.

Eu não sou uma mulher forte e mal comecei a pensar no que ia treinar que me decidi treinar algo em que não ficasse atras da força dos rapazes. Então enquanto passeava por todos os locais de treino decidi aprender combater corpo-a-corpo, seria perfeito para que me protege-se de alguns ataques.

Vou até o stand de combate corpo-a-corpo onde já havia uma grande quantidade de pessoas a treinarem, mas um treinador pareceu dar especial atenção a mim e ajudou-me no meu treino apesar de não querer, mas é a vida, é o que estava disponível e com ele dava-me mais chances de viver, sacrifício, mas deu jeito pois tive de bater nele. Era este treino que eu precisava no meu distrito, de certeza que não haveria homens e rapazes abusadores. Ele e a outra treinadora explicam-me como se luta e em seguida, luto com alguns tributos homens e algumas mulheres, até posso ter levado alguma porrada, mas serviu para que ganha-se algum jeito e assim ganhar algumas lutas.

Durante os dias também fui treinando Chakram e apercebi-me que era melhor a utilizar um chakram duplo. Parecia que nasci para utilizar esta arma com a arma foi feita para mim, então durante os dias de treinamento, treinei sempre com ele. Quem me ensinou foi uma treinadora, muito boa a manusear, mas depressa fui tão elogiada que me disse que era capaz de ser melhor que a treinadora. Era uma arma excessional pois era uma arma de arremeço bastante boa e não precisava de estar perto do inimigo e me ferir. Esta arma tinha varias particularidades, ela é uma arma dividida em duas, mas na formal normal arremessa-se ou da para utilizar como faca, mas quando se divide em dois, podia-se ter um em cada mão e utilizar como arma de luta da mesma maneira que um faca ou algo parecido que também servia para arremessar.
Adorei esta arma, e espero que sair bem com ela. O treino de combate corpo a corpo era óptimo utilizado em conjunto com esta arma pois serve de curto alcance com também de longo alcance. Nos treinos mirava nos alvos, e logo do princípio parecia ter muito jeito e passei rapidamente a alvos que se moviam, e eu acertava sempre neles no peito mas as vezes mais abaixo como também acertava na cabeça, raras eram aquelas que errava e assim fui treinando minha precisão também. Mas também treinei com o Chakram Duplo em curta distancia e ela era muito boa, cortava a cabeça e membros dos bonecos muito facilmente, e assim percebi que ela era perfeita.

Também enquanto via algumas standes vi que que gostava de aprender a caçar e isso talvez me desse muito jeito, e primeiro pedi ajuda a um tributo, e depois um treinador ajudou-me com os treinos. O treino de caça era muito importante pois se tivesse fome podia facilitar o encontro de animais e matá-los mais facilmente e assim sobreviver caso haja pouca comida.

Depois de treinar tudo o que queria fui ao longo do tempo e dos dias melhorando no que podia e apreciando todos os tributos. Este ano havia tributos muito bons mas claro esses homens tem de morrer todos, esta arena tem se ser dominada por mulheres, e assim tinha de arranjar umas boas aliadas para me ajudarem e assim andei a tentar e consegui. Cansada dos treinos finais decidi cantar um pouco para relaxar e quando dei por mim todo o mundo me ouvia e ouvia-me a cantar… e ainda bem que ouviam, pois eu sou muito boa, talvez alguma menina viesse cantar comigo.

Resumo:
• Combate Corpo-a-Corpo
• Caça
• Chakram duplo
• +2 de precisão





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Treinamento   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Treinamento
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Treinamento de Soldados e Cavalaria
» Avaliem campo de treinamento na floresta(tile Inq)
» Treinamento Senjutsu - Monte Myoboku - ClarkeGriffin
» [Campo de Treinamento] Hyuugas de Kiri/Sensei: Kyo
» Treinamento 1[Controle de Chakra/Manipulando seu alinhamento]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
67º Edição Anual dos Jogos Vorazes :: Capital :: Treinamento-
Ir para: